Flamengo x León ‘perde’ 8 mil lugares por questões de segurança




O duelo desta quarta-feira entre Flamengo e Léon, válido pela última rodada da fase de grupos da Libertadores, no Maracanã, que tem capacidade para abrigar 78 mil torcedores, “perdeu” 8 mil lugares. Cerca de 70 mil ingressos foram colocados à disposição dos torcedores (Flamengo-52.272, León-3.850, cadeiras cativas-4.961, além de camarotes e gratuidades).

De acordo com o Consórcio Maracanã, o “espaço perdido” foi usado para a instalação de grades de segurança e os camarotes fechados. Além disso, cerca de 5 mil ingressos do León não foram colocados à venda, devido à demanda ser baixa por parte dos mexicanos. O repasse desses ingressos ao Flamengo envolveria uma aprovação do Gepe (Grupamento Especial de Policiamento em Estádios).

Como a torcida do time mexicano adquiriu apenas 80 entradas antecipadas, a diretoria do Flamengo tentou disponibilizá-los na última terça-feira. A ideia dos dirigentes é alocar os adversários em camarotes, para que não mude a logística de segurança. A medida, no entanto, foi rejeitada pelo Gepe. Com a sugestão rechaçada, o presidente Eduardo Bandeira de Mello apelou nesta quarta-feira para o novo governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão, na tentativa de liberar o local. O clube ainda aguarda a resposta.



  • vercatto

    Que coisa estranha! Colocar 80 pessoas em camarotes pode criar uma situação de risco? Para quem? Para a policia? Afe Maria!

MaisRecentes

Presidente eleito da Federação Mineira vê clubes de BH no mesmo nível de SP e RJ



Continue Lendo

Del Nero promete solução na segunda-feira para transmissão dos jogos da Seleção



Continue Lendo

Presidente da Ferj tira terceira licença em 2017



Continue Lendo