Próximo presidente da CBF ‘compreende’ Portuguesa na Justiça Comum



 

José Maria Marin (CBF) e Marco Polo Del Nero (FPF)

Ilídio Lico, presidente da Portuguesa, afirmou à De Prima que o atual presidente da Federação Paulista e candidato único à presidência da CBF, Marco Polo Del Nero, se mostrou compreensivo com os motivos que levaram o dirigente da Lusa à decisão de entrar na Justiça Comum.

O encontro aconteceu nesta última segunda-feira, após o Conselho Técnico da FPF, na sede da federação.  Segundo o mandatário da Portuguesa, o objetivo do encontro foi avisar Del Nero sobre a manobra da Lusa contra a CBF.

– Somos amigos, e Del Nero compreendeu a minha decisão, toda a pressão da torcida e da diretoria. Não havia outro jeito a não ser entrar na Justiça Comum – declarou Lico.

Marco Polo Del Nero será homologado presidente da CBF no próximo dia 16 de abril, em eleição de chapa única. Del Nero é aliado político de José Maria Marin, atual presidente da CBF.

Em viagem para o Chile, Marco Polo Del Nero não confirmou a informação. A assessoria de imprensa da FPF também não respondeu às perguntas da De Prima.

Até o momento, a CBF não se movimentou contra a liminar concedida pelo juiz da 43ª vara Cível de São Paulo, que recoloca a Lusa na série A do Campeonato Brasileiro. Tanto o presidente Ilídio Lico quanto o vice-presidente jurídico Orlando Cordeiro também não foram contactados pela CBF.

 



MaisRecentes

Valorizado após a Copa do Mundo, Fágner tem proposta do Napoli-ITA



Continue Lendo

Fora de painel com ídolos em São Januário, Pedrinho deve entrar na próxima expansão



Continue Lendo

Neymar é o alvo do Real Madrid para o lugar de Cristiano Ronaldo, revela jornalista espanhol



Continue Lendo