Gil Vicente envia carta de apoio à Portuguesa



Gil vicenteAntónio Fiusa, presidente do Gil Vicente, de Portugal, enviou nesta sexta-feira uma carta de apoio a Ilídio Lico, presidente da Portuguesa. O documento, além de parabenizar a Lusa pelo esforço feito na Justiça Comum para reconquistar a vaga na Série A do Brasileirão, lembra que o time português viveu caso similar há oito anos.

Em 2006, a Comissão Disciplinar (CD) da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP) despromoveu o Gil Vicente para a Liga de Honra por causa da inscrição irregular do angolano Mateus.

Confira a carta na íntegra:

“Caro presidente Llídio Lico,

É com imenso prazer e satisfação que o congratulo pela vitória no Superior Tribunal de Justiça Desportiva do Brasil, que procedeu à suspensão da ação de descida de divisão aplicada à Portuguesa e promoveu a consequente integração no Campeonato Brasileiro de 2014.

Como sabe, o Gil Vicente viveu, em 2006, um caso idêntico no campeonato português, igualmente envolvendo a inscrição de um jogador, que está vincado na história do futebol português como o “Caso Mateus”. Esta intempérie precipitou a despromoção injusta do Gil Vicente à Segunda Liga portuguesa e causou danos que pouco a pouco temos conseguido reparar. Foi o período mais difícil da história do clube que poderia ter culminado com o fechar de portas.

Entretanto, conseguimos regressar à Primeira Liga dentro do relvado, embora o processo da despromoção do Gil Vicente ainda continue na justiça portuguesa. Irá fazer em agosto oito anos e ainda sem decisão. Mas acreditamos que este impasse será resolvido em breve pelos meios legais e o Gil Vicente será ressarcido.

São casos vencedores como o da Portuguesa que ainda nos dão mais força para lutar e alcançar o que é nosso por direito.

Despeço-me com os mais sinceros cumprimentos e votos de sucesso para as campanhas futuras da Portuguesa.

António Fiusa
Presidente da Direção do Gil Vicente Futebol Clube”



  • Leandro

    ”É com imenso prazer e satisfação que o congratulo pela vitória no Superior Tribunal de Justiça Desportiva do Brasil” …..A vitória foi na justiça comum meu caro Gil Vicente ora pois !

  • Fernando

    Na verdade, dois enganos dos portugueses, além de não ter sido na justiça desportiva, foi uma liminar, a liminar se dá antes do julgamento do caso onde se pode ter prejuízo em caso de inação.
    Vai portuga, vai portuguesa sem moral, vendida !!!!!
    Vai povo que acha que pra tudo tem de ter “jeitinho”!!!!!

MaisRecentes

Del Nero estava em reunião quando soube de suspensão. E não pode pisar na CBF



Continue Lendo

Ideia de biometria em setor de organizadas não entra em regulamento da CBF



Continue Lendo

Licitação dará destino a direitos da Copa América que eram da Datisa



Continue Lendo