Comercial-SP não recolhe FGTS há 18 anos



Comercial
Após auditoria realizada entre julho e outubro de 2013, o Ministério do Trabalho de Ribeirão Preto constatou que o Comercial-SP, rebaixado à Série B do Paulistão em 2014, não recolhe FGTS desde 1995.  O clube do interior paulista deixou de recolher R$ 565.668,46 mil nos últimos 18 anos, prejudicando 555 empregados, entre eles, jogadores e membros de comissões técnicas.

No último dia 24 de fevereiro, a Gerente Regional de Trabalho e Emprego em Ribeirão Preto, Marina Helena Fortes Henrique Faria, enviou todos os detalhes da auditoria ao Sindicato de Atletas Profissionais do Estado de São Paulo (Sapesp), que acompanha o caso desde o fim do ano passado.

O Sapesp também investiga de perto a polêmica dos salários atrasados no Comercial-SP em 2014. No fim de março, alguns jogadores do time assinaram procuração para que o Sindicato denunciasse o clube à Federação Paulista de Futebol por causa dos débitos.



MaisRecentes

À espera de decisão da Justiça sobre eleição, oposição se movimenta no Vasco



Continue Lendo

Instituto Guga Kuerten consegue captar doações via ‘Clube do Patrocínio’



Continue Lendo

Grupos respeitam luto por Eurico, mas rearrumação política está em curso



Continue Lendo