Ricardo Teixeira longe da Copa do Mundo



ricardo teixeira
No Rio de Janeiro para tratar de assuntos particulares, o ex-presidente da CBF, Ricardo Teixeira, que atualmente está morando em Miami (EUA), tem garantido a pessoas próximas que não vai estar no Brasil durante a Copa do Mundo. Apesar de distante das discussões da CBF, Teixeira mantém constante contato com vários ex-companheiros da entidade, entre eles, o secretário-geral Júlio César Avelleda.

Nova utilidade
O Grupo Pão de Açúcar vai transformar o antigo centro de treinamento do Audax, no Morumbi, em São Paulo, em um empreendimento imobiliário. O projeto terá início logo após a Copa do Mundo, já que o local é um dos campos oficiais de treinamento da Fifa.

Sem contradição
Para evitar declarações contraditórias, Giovanni Luigi, presidente do Internacional, avisou aos seus diretores que apenas ele pode falar sobre as estruturas temporárias do Beira-Rio para a Copa do Mundo. Na última terça-feira, foi aprovado um projeto de lei que concede incentivos fiscais para financiar a instalação das estruturas provisórias do estádio.

Apoio à vista?
O Footlink, evento organizado pelo gestor de futebol Paulo Angioni, vai discutir propostas do Bom Senso FC no próximo dia 14, no Rio de Janeiro. Alfredo Sampaio (presidente do Sindicato de Atletas de Futebol do Rio) e Juninho (ex-jogador do Vasco) estarão presentes no encontro.

Procura sem fim
A diretoria do Bahia tem encontrado dificuldades para encontrar um novo diretor de futebol. Após receber um “não” de Thiago Scuro, do Red Bull-SP, o clube baiano também foi rejeitado por Ocimar Bolicenho, ex-dirigente de Atlético-PR e Ponte Preta.

Segurança
O Comando Copa da Polícia Militar de São Paulo vai contar com 4.300 policiais durante o Mundial. O número corresponde a 12% dos policiais que atuam na capital paulista (aproximadamente 33 mil). A unidade especial de segurança pública vai ser criada em 19 de maio e extinta em 20 de julho.

Planejamento
A Comissão Estadual da Segurança Pública e Defesa Civil para Grandes Eventos de São Paulo (COESGE) realizou ontem uma reunião para tratar da integração dos planos para a Copa do Mundo. Segurança e mobilidade urbana foram os assuntos mais discutidos durante o encontro.

Novas promessas
Kalil Rocha Abdalla, candidato de oposição à presidência do São Paulo, promete, caso seja eleito no pleito de 16 de abril, recontratar Carlinhos Neves, Luis Rosan e Turibio Leite, ex-membros da comissão técnica que deixaram o clube por desavenças com Adalberto Baptista, ex-diretor de futebol e hoje secretário-geral.

‘Esquecido’
Afastado do futebol desde a saída do Fluminense, no fim de janeiro deste ano, o ex-diretor executivo Felipe Ximenes está finalizando a criação de um software de administração esportiva. Ximenes, que também tem enfrentado alguns problemas de saúde, vai oferecer o programa para diversos clubes do Brasil.

De Letra
“Não adianta ficar dando murro em ponta de faca”
Ocimar Bolicenho, presidente da Abex (Associação Brasileira dos Executivos de Futebol), sobre a associação ter se afastado um pouco das discussões do Bom Senso FC.



MaisRecentes

Licenciamento vira argumento de CBF e clubes para minimizar liminar contra exigência de CND



Continue Lendo

CBF faz ‘parte 2’ de reuniões sobre árbitro de vídeo nesta quarta



Continue Lendo

Globo vê obstáculos na ‘pressa’ da CBF para implantar árbitro de vídeo



Continue Lendo