Corinthians pagou comissão a agente de Jadson



 

Conselheiros do Corinthians descobriram que o clube pagou R$ 780 mil de comissão ao agente do meia Jadson, como comissão no negócio que o levou ao clube, em troca do empréstimo do atacante Alexandre Pato.

Os R$ 780 mil correspondem a 10% dos 26 salários de R$ 300 mil que Jadson vai receber nos dois anos que passará no clube – mesmo que ele seja negociado nesse período, o clube não vai receber a parte correspondente ao tempo de contrato não-cumprido.

Os conselheiros, todos de situação, estão revoltados porque julgam que a comissão é indevida – Jadson veio em troca de Pato, que foi para lá por empréstimo – e porque o clube, na visão deles, tentou esconder a comissão. O clube afirma que essa é a prática comum do mercado de futebol, embora alguns diretores ouvidos pelo blog digam em off não concordar com ela.

Eles estão recolhendo assinaturas para provocar a apreciação do caso pelo Cori, Conselho de Orientação e Fiscalização do clube.

Os líderes desse movimento formaram há alguns meses um grupo informal destinado a acompanhar mais de perto as ações da gestão de Mario Gobbi, mesmo ainda se colocando como de situação.

A negociação foi feita por Ronaldo Ximenes, pelo Corinthians, e Gustavo de Oliveira, pelo São Paulo. Os contratos foram redigidos por Luiz Felipe Santoro, pelo Corinthians, e Carlos Ambiel, pelo São Paulo.

 



MaisRecentes

Dentista explica que assimetria facial pode deixar atletas sujeitos a lesões



Continue Lendo

Paris Saint-Germain (FRA) fará ação social na favela da Rocinha



Continue Lendo

Árbitros Fifa do Rio de Janeiro alcançam as maiores notas nos testes teóricos



Continue Lendo