Sem Paulo André, Fernando Prass ganha espaço como porta-voz do Bom Senso FC



Treino do Palmeiras

Fernando Prass é visto como um dos principais líderes do Bom Senso FC (Foto: Ari Ferreira)

Sem Paulo André, que está deixando o Corinthians para atuar no futebol chinês, o Bom Senso FC vê Fernando Prass, do Palmeiras, como novo “líder externo” do grupo. Articulado politicamente, experiente e sem rejeição interna, o veterano goleiro, de 35 anos, vai tomar a frente nas discussões com imprensa e público.

Prass, que apoia o movimento desde o início, tem se destacado nas reuniões. Após o palmeirense levantar as consequências negativas de uma possível paralisação do Paulistão e avaliar o pequeno apoio dos clubes do interior, o grupo resolveu deixar de lado a manifestação.

Em entrevista concedida aos repórteres Caio Carrieri e Fellipe Lucena, do LANCE!Net, publicada no último domingo (9), o goleiro expôs sua opinião sobre a greve.

– Se a greve pudesse dar um basta na violência, eu seria a favor. Mas sou realista. Não é parando o Paulistão que vai acabar, é uma questão mais ampla, social – declarou.

Alex (Coritiba), Dida (Internacional) e Juan (Internacional), também vistos como líderes, vão seguir trabalhando forte nos bastidores – sem aparecer muito na mídia. Rogério Ceni, que antes era voz ativa, se afastou um pouco do movimento.

Paulo César (sem clube), Roberto (Ponte Preta) e Lúcio Flávio (Paraná) são outros jogadores que ganharam espaço internamente e, sempre que necessário, serão aproveitados como porta-vozes.



  • Carlos

    http://www.youtube.com/watch?v=PW9yaR7RGZM
    canal oficial do palmeiras, vamos inscrever ae vlws.

  • Paulo Oliveira

    E aí, vai querer fazer greve domingo??

  • diogo

    Esses jogadores tem que ter vergonha na cara, ganham uma fábula de $$$ por mes para jogar 2 vezes por semana e estão reclamando???
    Jogador de futebol é um ser irracional mesmo, e diria mais ingrato, por ter uma profissão muito bem remunerada, faz o que gosta e ainda estão reclamando??
    Parem com isso..

    • Vc é um ignorante e deveria ficar de boca fechada. Deve ser um desses animais que andam sem coleira pelas ruas…

    • Vc é um tapado mesmo, quer dizer que. Por eles ganharem uma fábula, podem apanhar enquanto treinam ?
      Para de ser xucro, e vá ler mais !

  • João

    O problema não é o salário do jogador, nem o quanto ele joga por semana, o fato é, como o Alex do Coritiba disse: numa quarta-feira, ele fica concentrado em um hotel 5 estrelas, e só vai a campo após o último beijo da novela, após o jogo, ganhando ou perdendo, ele vai pra casa e boa… Já o torcedor, sai do serviço às 18 horas, pega ônibus, metrô… e ainda anda uns kms a pé, fica na arquibancada esperando o jogo começar, o jogo termina meia-noite, e ainda tem que voltar pra casa pra sair às 5 da manhã pra trabalhar na quinta-feira…

    Porque não tem jogo de segunda-feira? isso é sim um questionamento plausível… o futebol brasileiro esta ladeira a baixo, vejam bem, com as novas regras que querem impor… caso o clube atrase os salários irá perder ponto no campeonato… O palmeiras já saiu na frente e começou estabelecer contratos de produtividade… quanto tempo até os outros clubes também começarem a fazer isso??

  • Sandro

    Prass, vc tá jogando um bolão, fazendo sua parte e honrando nossa camisa, larga mão dessa palhaçada de bom senso. Deixa isso pra intelectualóides como Paulo André e Rogério Ceni. Se começar com isso se perde o foco do seu trabalho.

    • Breno Henrique

      Cara, ele ja ta nessa à bastante tempo e não perdue o foco no seu trabalho…não viaja vai…

  • Murilo

    Porque, meus comentários não são divulgados, porque do radicalismo, cadê a liberdade de expressão que tanto a mídia cobra e depois não exerce, só vale de um lado.

  • paulo sergio

    Paulo andre pipocou.

MaisRecentes

Presidente eleito da Federação Mineira vê clubes de BH no mesmo nível de SP e RJ



Continue Lendo

Del Nero promete solução na segunda-feira para transmissão dos jogos da Seleção



Continue Lendo

Presidente da Ferj tira terceira licença em 2017



Continue Lendo