Sem Paulo André, Fernando Prass ganha espaço como porta-voz do Bom Senso FC



Treino do Palmeiras

Fernando Prass é visto como um dos principais líderes do Bom Senso FC (Foto: Ari Ferreira)

Sem Paulo André, que está deixando o Corinthians para atuar no futebol chinês, o Bom Senso FC vê Fernando Prass, do Palmeiras, como novo “líder externo” do grupo. Articulado politicamente, experiente e sem rejeição interna, o veterano goleiro, de 35 anos, vai tomar a frente nas discussões com imprensa e público.

Prass, que apoia o movimento desde o início, tem se destacado nas reuniões. Após o palmeirense levantar as consequências negativas de uma possível paralisação do Paulistão e avaliar o pequeno apoio dos clubes do interior, o grupo resolveu deixar de lado a manifestação.

Em entrevista concedida aos repórteres Caio Carrieri e Fellipe Lucena, do LANCE!Net, publicada no último domingo (9), o goleiro expôs sua opinião sobre a greve.

– Se a greve pudesse dar um basta na violência, eu seria a favor. Mas sou realista. Não é parando o Paulistão que vai acabar, é uma questão mais ampla, social – declarou.

Alex (Coritiba), Dida (Internacional) e Juan (Internacional), também vistos como líderes, vão seguir trabalhando forte nos bastidores – sem aparecer muito na mídia. Rogério Ceni, que antes era voz ativa, se afastou um pouco do movimento.

Paulo César (sem clube), Roberto (Ponte Preta) e Lúcio Flávio (Paraná) são outros jogadores que ganharam espaço internamente e, sempre que necessário, serão aproveitados como porta-vozes.



MaisRecentes

Fernanda Colombo deixa a arbitragem, lança livro e quer ser comentarista



Continue Lendo

Audiência pública promete pressionar políticos contra MP que retira recursos do esporte



Continue Lendo

Técnico brasileiro Milton Mendes renova mais alta licença da Uefa para técnicos



Continue Lendo