Atlético-MG quitou salários graças a Ronaldinho



COPA LIBERTADORES DA AMERICA 2013  - Atletico MG x The Strongest
Os salários do Atlético-MG estão em dia graças a Ronaldinho Gaúcho. O camisa 10 só aceitou renovar contrato por mais uma temporada com o clube mineiro no início de janeiro se o presidente Alexandre Kalil quitasse as dívidas com os jogadores do elenco atleticano. Dito e feito. Um mês após a renovação de vínculo do craque, o dirigente acertou todos os débitos com os atletas.

Pressão
Mano Menezes foi o maior responsável pela saída de Pato do Corinthians. A direção queria negociá-lo, mas sem pressa. Porém, o técnico bateu o pé e pediu ao presidente Mário Gobbi que aceitasse logo a oferta do São Paulo, ainda mais com Jadson vindo em troca.

Comissão
O Palmeiras pagou a Mendieta uma comissão de 20% sobre o valor pago ao Libertad (PAR). Uma lei do Paraguai estabelece que o clube vendedor deve fazer esse pagamento, semelhante aos 15% que havia na extinta Lei do Passe. O Palmeiras nega que haja pagamento em duplicidade e que o fez após pedido do time paraguaio.

Mudança de campo
Advogados dos torcedores da Portuguesa não jogaram a toalha após terem todas as suas liminares cassadas. A nova estratégia deve levar em conta o sucesso do Gama contra a CBF. Em 2000, o STJ decidiu que questões envolvendo torcedores em campeonatos nacionais devem ser julgadas pela Justiça Federal do DF.

Em raia própria
Na reunião do Conselho Técnico da CBF, nem todos os clubes apoiaram a validade das decisões do STJD nos casos envolvendo Héverton e André Santos. O Flamengo, que corre risco de rebaixamento, caso a Portuguesa recupere os pontos, foi contrário.

Do contra
O São Paulo foi um dos principais clubes que brigou contra a paralisação do Paulistão no fim de semana. Além do recente bom relacionamento do presidente Juvenal Juvêncio com Marco Polo Del Nero, presidente da FPF, pesou a favor do clube a postura de Rogério Ceni. O capitão são-paulino também não queria a greve.

Manifestações
Joseph Blatter que ponha as barbas de molho. A central sindical Conlutas vai se reunir com líderes sindicais e sociais em São Paulo no dia 22 deste mês para organizar ações populares contra a Copa do Mundo. O objetivo é realizar uma manifestação antes de cada um dos 64 jogos do Mundial.

Faz de conta
A invasão da torcida do Corinthians ao CT do clube recolocou o assunto da segurança em pauta numa reunião da CBF. Mas, como é de praxe, nada se decidiu e só se aprovou que a polícia e o Ministério Público sejam incluídos nas discussões. Isso já acontece há 18 anos, sem resultados práticos.

Cercado
Mário Gobbi se sente de mãos atadas pelas ligações de parte da cúpula do Corinthians com as organizadas. O presidente teme que, se tentar expulsar do clube os líderes das torcidas que são sócios, provoque o caos. A coluna ouviu diretores do clube. Nenhum defendeu punição aos vândalos. Nem em off.

De Letra
“Anote: essa comissão não tem estatura intelectual para avaliar a minha gestão”
Luiz Gonzaga Belluzzo, ex-presidente do Palmeiras, sobre a comissão de sindicância recém-criada.



MaisRecentes

Final da Libertadores desperta interesse do espectador brasileiro e audiência explode



Continue Lendo

Pedro Abad pode deixar o comando do Fluminense ainda em 2018



Continue Lendo

Contratação de Felipe Melo pelo Flamengo faz parte de ‘presente de Natal’ pedido por Abel Braga



Continue Lendo