Cadeiras do Allianz Parque são da WTorre, diz Belluzzo



Parque
O ex-presidente do Palmeiras Luiz Gonzaga Belluzzo afirmou que a WTorre tem razão na discussão sobre o Palmeiras em relação a gestão de 3 mil cadeiras do Allianz Parque, mas diz que acha “interessante” que o clube brigue por elas. Há três meses, Belluzzo fez manifestações dando ao razão ao Palmeiras na briga por elas. Confrontado, palavra por palavra, com o que dissera, o cartola negou que tenha mudado de ideia.

Tour
Mais de 45 mil pessoas usaram o serviço de visitas guiadas do Maracanã, aberto há quatro meses e que custa R$ 30. A Arena Fonte Nova também abriu o tour em janeiro e recebe 70 pessoas por dia. A Arena Pernambuco irá inaugurar as visitas no próximo dia 13.

Pé na porta
A associação dos consumidores que conseguiu liminar na Justiça paulista vai cobrar a CBF e a Portuguesa para que o clube participe da reunião do Conselho Técnico do Brasileiro, hoje, na CBF. Apesar de irritado com Marco Polo Del Nero, o presidente Ilídio Lico pode participar do encontro.

Na mão
A Andrade Gutierrez deixou o projeto do Morumbi sem enviar o projeto executivo da obra, segundo conselheiros. Isso contradiz o que disse a diretoria. Segundo o conselheiro Luiz Cholfe, que por décadas supervisionou obras no estádio, não é incomum o projeto ser apresentado após o contrato.

Dívidas na mão
Hoje, em Brasília, o deputado Jerônimo Goergen vai entregar o documento da Receita Federal com os números das dívidas tributárias (cerca de R$ 2 bilhões) dos clubes da séries A e B do Brasileirão a Vilson Ribeiro de Andrade, presidente do Coritiba, que representa os clubes e a CBF na discussão do fair play financeiro.

Sem cargo
O ex-presidente do Palmeiras Luiz Gonzaga Belluzzo nega que seja candidato a vice na chapa de Wlademir Pescarmona no próxima eleição presidencial. Diz que apoiará seu antigo diretor, mas afirma não sabe de onde saiu a notícia. O primeiro a falar no assunto foi o próprio Pescarmona.

Dia D
A visita de hoje à Arena da Baixada do consultor da Fifa Charles Botta é crucial para definir a permanência de Curitiba na Copa do Mundo. Botta foi o responsável por alertar o secretário-geral Jérôme Valcke sobre o risco de o estádio não ficar pronto até o Mundial. A decisão será anunciada no dia 18 de fevereiro.

Triplo patrocínio
Os três principais clubes do Recife, Náutico, Santa Cruz e Sport, estão negociando patrocínio de camisa com a Caixa Econômica Federal. Os valores variam de R$ 3 milhões a R$ 7 milhões por um ano de acordo. Hoje, a Caixa patrocina Corinthians, Coritiba, Vasco, Avaí, entre outros.

Pato na lama
A diretoria do Corinthians abriu conversas nos últimos dias com diretores de Atlético-MG, Cruzeiro, Grêmio e Flamengo para tentar viabilizar a saída de Pato por empréstimo até o fim do ano. Apesar do interesse dos clubes, todos na Libertadores, as negociações não avançaram por causa dos altos valores.

De Letra
“Piada, só pode ser piada”
Eurico Miranda, ex-presidente do Vasco, sobre sócios convocados para regularizarem o cadastro no programa de sócios do clube carioca.



MaisRecentes

Conmebol anunciará veredito do Flamengo na segunda semana de janeiro



Continue Lendo

Presidência da Primeira Liga fica com o América-MG; vice é do Paraná



Continue Lendo

Botafogo recupera certificado de clube formador da CBF



Continue Lendo