Gobbi rejeita perdão pedido por Sánchez



A diretoria do Corinthians, presidente Mário Gobbi à frente, não aceita nem discutir o pedido de perdão feito aos invasores do CT feito pelo ex-presidente Andrés Sánchez pelo Twitter. Para não entrar em rota de colisão com Sánchez, contudo, nem toca no assunto. Mas considera que não há nenhum clima para perdão. A diretoria ainda discute quais atitudes tomará.

Experiência valiosa
O promotor de Justiça Roberto Senise poderá usar informações do caso Gama na ação que fará contra a CBF visando anular as sentenças do STJD contra Portuguesa e Flamengo. Em 1999, uma ação na Justiça dobrou não só a CBF como a Fifa em prol do Gama.

Inimigo comum
Conselheiros santistas de situação e oposição acertaram uma reunião extraordinária do Conselho Deliberativo para a definição de um plano de ação para o caso Neymar. O comitê gestor será convocado. A reunião será no dia 12, e vai incluir a sessão ordinária do CD prevista para o dia 17.

Sem atropelos
Pela primeira vez na história do Palmeiras, conselheiros receberam as contas do clube quatro dias antes da reunião do Conselho Deliberativo. Mesmo assim, alguns jconselheiros contestam a aprovação, pois dizem que empresa de auditoria apontou falta de documentos em mais de R$ 75 milhões em empréstimos.

Alvarás
O Internacional não corre atrás apenas do alvará preliminar dos Bombeiros para jogar no Beira-Rio para 10 mil torcedores. José Amarante, VP de Administração, afirmou que busca mais alvarás, como o da Anvisa e do MP. A ideia é fazer o primeiro jogo no próximo dia 15, pelo Gauchão.

Eleição
Aliados do presidente Roberto Dinamite no Vasco dizem que só tratarão da eleição presidencial depois do fim do Carioca, em 13 de abril. A situação espera que, se vier, o título estadual possa mudar o clima político no clube. Nessa linha, a eleição não deve acontecer antes de junho. Eurico Miranda quer que ela seja em julho.

Racha
Enquanto uma parte da oposição são-paulina corre para entregar o relatório final do Novo Morumbi nesta quarta-feira, outra não vê mais sentido em analisar e discutir uma obra “que não vai acontecer”. A diretoria ainda não tem previsão para apresentar uma nova empreiteira, nem confirma que há interessados.

Catraca
Belo Horizonte não dará transporte público de graça durante a Copa do Mundo. A cidade vai oferecer apenas algumas linhas especiais, que ficarão reunidas em “Terminais da Copa”. Haddad também vetou o beneficio em SP, contrariando a Fifa.

Caça-votos
O presidente da CBF José Maria Marin se reuniu com os presidentes do Cruzeiro e Atlético-MG. Um dos pontos da pauta foi pedir voto em Marco Polo Del Nero. Kalil está fechado com a situação e Gilvan Tavares deve segui-lo. Mas, segundo aliados, ambos prefeririam que Marin proseguisse no cargo.

De Letra

“Como podem R$ 160 milhões controlar R$ 3,5 bilhões?”

Marco Antonio Teixeira, ex-dirigente da CBF, comparando os orçamentos das federações com o dos clubes grandes



MaisRecentes

‘Rainbow Six Pro League’, no Rio de Janeiro, neste fim de semana, terá premiação milionária



Continue Lendo

Superintendente garante que não há obstáculos para construir no campo do Everest



Continue Lendo

Detalhe técnico pode impossibilitar obra no campo do clube Everest



Continue Lendo