Palmeiras fecha 2013 com R$ 22 milhões no vermelho



 

 

O Palmeiras fechou 2013, o primeiro ano da gestão de Paulo Nobre, com um déficit de R$ 22,62 milhões, pelo menos o oitavo ano seguido com resultado negativo.

 

O déficit foi registrado em todas as áreas, cujas principais são esportes, social e financeira. Na área social, o prejuízo foi de cerca de R$ 5,5 milhões. Nos esportes, incluindo futebol, foi de R$ 8,9 milhões e na área financeira o resultado ficou cerca de R$ 4,5 milhões negativos

O resultado surpreende porque uma das bandeira do presidente Paulo Nobre foi o saneamento das contas do clube. E, como o Palmeiras disputou a Série B, o clube teria em tese condição de fazer grandes cortes de despesas no futebol. Essas despesas certamente irão subir expressivamente, porque o time está voltando á Série A em 2014.

Desde o segundo ano da administração de Affonso Della Monica (2005-09), o Palmeiras fechou todos os anos no vermelho.



  • Edson

    Boa tarde. Poderiam tb informarem o total do individamento do palmeiras que aparece no balanço. Idem para Corinthians.
    Grato

  • Thomaz

    E os outros clubes fecharam como? Se for dar uma notícia tente ao menos ser imparcial e contextualizar adequadamente!

  • Geovani

    Em 2008 fechou positivo

  • Ricardo

    Vamos pesquisar melhor:
    http://investorcp.com/os-times-que-ficaram-no-azul-e-no-vermelho-em-2012/

    Não importam os motivos (fechamento de contratos de Arena) mas em 2012, o fechamento foi com superávit.

MaisRecentes

CBF começa treinar instrutores para curso do árbitro de vídeo



Continue Lendo

Se estrear na próxima rodada, árbitro de vídeo não será para todos os jogos da Série A



Continue Lendo

Licenciamento vira argumento de CBF e clubes para minimizar liminar contra exigência de CND



Continue Lendo