Cruzeiro vai à Justiça contra organizadas



Campeonato Brasileiro 2013 - Série A - Cruzeiro x Grêmio-RS

O Cruzeiro deve entrar na semana que vem com ação na Justiça buscando respaldo para proibir a entrada das torcidas organizadas em seus jogos. É mais um passo na cruzada do presidente Gilvan Tavares contra as organizadas, após cortar todos os benefícios. Tavares investe no programa de sócios-torcedores e, barrando os organizados, quer atrair mais famílias.

Atropelado
O árbitro assistente Alessandro Mattos, da Bahia, ficou frustrado com sua exclusão da Copa. Mattos que desde 2010 pintou como favorito para ir à Copa e participou de todos os treinamentos com vistas ao Mundial. Só em 2013 Marcelo Van Gassen se fortaleceu.

Pegou a caneta
Jayme Lisboa Alves, novo vice-presidente de finanças do Vasco, tem dito que nada mais é pago sem sua autorização. Nem mesmo Cristiano Koehler, diretor-geral do clube, tem mais o poder de decisão na parte financeira. Lisboa tomou posse do cargo na semana passada.

Cheiro ruim
Até conselheiros do Corinthians do grupo mais fiel à administração se sentem desorientados com a demora da liberação das verbas do BNDES para a Arena Corinthians. As conversas informais sobre a necessidade de a diretoria dar mais explicações ao Conselho Deliberativo atraem cada vez mais pessoas.

Cara a cara
Eleito no fim de 2013, Glauber Vasconcelos quer aproximar os torcedores do Náutico. O novo presidente alvirrubro criou o “Papo Reto com Presidente”, um bate-papo com a torcida na própria sede do Náutico. O primeiro encontro, que vai ocorrer hoje, às 9h, teve 30 torcedores inscritos.

De saída
O advogado Sérgio Alvarenga, diretor jurídico do Timão na gestão do presidente Andrés Sanchez, renunciou ao cargo de assessor especial do presidente Mario Gobbi, alegando falta de tempo. Alvarenga é o líder dos Corinthianos Obsessivos, principal grupo de apoio a Gobbi, que também está se afastando do presidente.

No mercado
A diretoria do Cruzeiro tem oferecido o atacante argentino Farías para diversos times do Brasil e da Argentina. Com contrato até junho deste ano e fora dos planos do técnico Marcelo Oliveira, o jogador recebe R$ 200 mil. Para piorar, Farías não tem se mostrado disposto a deixar o clube.

Líder de vendas
O Flamengo fechou 2013 na liderança do ranking de vendas do TIMChip Infinity Torcedor. A torcida da equipe carioca foi responsável por 18,5% dos SIM Cards vendidos durante o ano. Corinthians, com 15,2%, e Grêmio, com 11,5%, ficaram logo em seguida na classificação.

Corte de gastos
O departamento de finanças do Internacional avisou ao presidente Giovanni Luigi de que o futebol poderá gastar no máximo R$ 160 milhões em 2014. Ciente do corte de gastos, o dirigente vê com bons olhos as saídas dos atacantes Forlán e Scocco, que juntos recebem pouco mais de R$ 1 milhão/mês.

De Letra
“Queremos que o torcedor seja feliz não apenas durante o jogo, mas também antes e depois deles.”
Marcone Barbosa, diretor de Marketing do Cruzeiro, explicando as ações em alimentação e segurança.



  • paulo cesar nascimento

    Parabéns ao Cruzeiro pela iniciativa.Presidente sem rabo preso com torcida.

  • Ernesto Olimpio

    Sou corinthianos e dou meu total apoio ao presidente do cruzeiro. Até que enfim algum acordou !

  • adriano

    Esse Gilvam é omelhor presidente que tem tem peito para encarar essa mafia que são as organizadas

  • Sinésio

    Esse Gilvan e um presidente de verdade, trabalha em prol do clube isso é muito bom mas isso poderia ser apoiado pelos outros presidentes, CBF e STJD que só quer punir os clube e não faz nada.

  • Parabéns Dr Gilvan!!!

  • João Melo

    Os pseudos “juízes” do STJD arrotam punições a torto e a direito prejudicando os clubes. É muito fácil jogar a responsabilidade em cima dos clubes e fingir que a segurança não é dever do Estado. Já passou da hora de se acabar com o STJD comprometido e sem credibilidade. Os clubes tem que reagir a estes pulhas que ganham fábulas para brincar de juiz. É só ver o caso Portuguesa para se notar que a coisa não é séria. O clube deveria ser punido na competição seguinte e não se beneficiar a incompetencia de quem não fez juz em campo. ACABEM COM O STJD JÁ.

MaisRecentes

Vitória de Mufarrej no Botafogo não significará troca de funcionários



Continue Lendo

Presidente do COB diz que entidade já mudou e pede: ‘Vejam com outros olhos’



Continue Lendo

Corinthians espera premiação do Brasileiro em dezembro



Continue Lendo