Santos perde CND relativa às contribuições tributárias



Desde 18 de novembro de 2013, o Santos não possui mais uma situação tributária regular, está inadimplente. Nesse dia venceu a CND relativa às contribuições tributárias, concedida em 19 de maio, e ela não foi renovada. Isso aconteceu porque o clube passou a deixar de contribuir com o INSS em dia.

Depois de alguns meses, o atraso foi inscrito na dívida ativa da União e o INSS deixou de poder renovar a CND. A inadimplência chega num momento em que o clube faz grandes esforços para montar um time competitivo para 2014.

Estando sem as CNDs, o Santos perde a chance de conseguir patrocínio da Caixa, o maior apoiador do futebol brasileiro na atualidade. Entre outros clubes, a Caixa patrocina Corinthians, Flamengo, Vasco e Vitória.

Além disso, o Santos não poderá mais ter acesso a incentivos fiscais, por exemplo, por meio da Lei de Incentivo Fiscal. Foi ter os pagamentos em dia, por exemplo, que o São Paulo construiu o CT de Cotia, tido como o melhor do país, quase sem gastar nada.



  • Thiago Ferreira

    Nossa!! Como conseguem comprar o Damião, por valor maior do que o Pato?

    • Angelo

      Pela camisa! A do Santos FC é muito maior, pesa mais…

      • José do Carmo Garibaldi

        Só se for pelo peso da lama que carrega.

        • A lama da série B jamais…

          • Henrique

            RSRSRSRSR……Disse Tudo!!!

    • Juan Felipe

      Empresários, meu amigo, empresários…

      • Adriano

        Mais a lama dos 7X1 eternamente….

  • Everton Santos

    Se a certidão saiu em Maio de 2013, então não é tudo isso que a matéria pinta de dívida de INSS para o Santos, no máximo deva ter alguns meses em atraso. Coisa que pode ser resolvida em poucos dias.

    • André

      Tá cara, pode até ser, mas o ponto não é esse. Não sou santista – sou rival na verdade – mas um clube desse porte não pode deixar isso acontecer, especialmente porque está fazendo o maior escarcéu pelas contratações que fez (leia-se marketing louvando o clube).

      E aí acontece isso?

      Além do mais existe a burocracia normal nesse tipo de processo, então mesmo que o Santos regularize a situação ela ainda terá de ser aprovada pela Caixa, publicada no Diário Oficial da União, referendada pela fazenda nacional, etc.
      Ou seja, o clube poderia estar utilizando um benefício mas não o pode fazer.

    • neli faria

      PIOR DIRETORIA DA HISTÓRIA!

  • Julio Cesar

    Esta é a Administração do Preguiçoso e Sonolento Médico ODÍLIO RODRIGUES, onde duvido que alguém consiga fazer uma pior gestão de um Clube de Futebol. A atual Diretoria , ainda herdou por sorte a Geração Neymar , Ganso, etc….. e conseguiu títulos, senão a coisa poderia ser pior. Ainda bem, que é o último ano da Administração Odílio Rodrigues, senão a situação ficaria incontrolável.

  • João Barreto

    Esses dirigentes do Santos são burros fazem contratações que não podem contratar Damião não está jogando nada seus Jumentos.Não pagam nem o I N S S.

  • LuizFernando

    Diretoria incompetente

  • tem mais e que tirar esse bando/ se não pode compricar eisso ai

  • Éder

    O que?

  • valmir

    palmeiras=guarani da capital
    santos=palmeiras do interior

    • Santos

      litoral Interior, logo já sei que Valmir é corinthiano (Não estudou)

    • neli faria

      Jamais frequentou a SÉRIE B como os pseudos grandes da capital.

      • valmir

        se não é capital é interior.

  • Gente

    Como pode a diretoria do Santos ser tão incompetente, o ano passado o Santos ficou sem Patrocínio, agora corre o risco novamente, fora Diretoria incompetente.

  • Alessandro

    E o bolso dos Diretores devem estar cheio de $$

  • marcos andrade

    então flamengo e vasco estão em dia não devem nada conta outra.

  • ELIELSON

    PARA DE SACANAGEM

MaisRecentes

Orçamento de 2018 está sob análise dos conselhos do Flamengo



Continue Lendo

Placar das finanças: Corinthians batalha para fechar 2017 perto do ‘0 a 0’



Continue Lendo

Curso de treinador sem chancela de Conmebol e Fifa liga sinal de alerta



Continue Lendo