Unimed: oposição quer fim da parceria com Flu



Treino do Fluminense

Celso Barros vai ter a concorrência de Cláudio Salles na eleição da Unimed-Rio (Foto: Arquivo LANCE!)

O cardiologista Cláudio Salles, de 49 anos, vai enfrentar o atual presidente Celso Barros (foto) na próxima eleição presidencial da Unimed-Rio. É a primeira vez que Barros enfrentará oposição. Salles, há 13 anos na cooperativa, defende cortar os gastos fora do ramo da saúde, incluindo o esporte, em especial o contrato com o Fluminense, cuja parceria existe desde 1998.

Novo plano
O Beira-Rio só deve ter seu primeiro jogo com carga completa perto do prazo final de entrega do estádio, em 15 de fevereiro. O primeiro jogo do Internacional no local não deve mais ocorrer na abertura do Gauchão, dia 18, mas num amistoso do sub-20, dia 29.

Depois da Copa
Sem realizar grandes investimentos no início de 2014, a diretoria do Corinthians avisou o técnico Mano Menezes que pretende fechar a contratação de ao menos um grande jogador no segundo semestre. A decisão foi adiada porque o clube estudou economizar seis meses de salários, uma vez que o time jogará só o Campeonato Paulista no primeiro semestre.

Detalhes sem fim
Conselheiros do Corinthians preparam pedido ao presidente do Conselho do clube, o desembargador Ademir Benedito, para que ele cobre explicações da diretoria sobre a demora na liberação do dinheiro do BNDES. Faz sete meses que o clube diz que faltam somente detalhes para a liberação.

Sem mudanças
A cúpula do STJD até cogitou a hipótese, mas descartou não realizar mais julgamentos de jogadores às sextas-feiras – como no caso Héverton. Como há jogos também às quartas e quintas, se perderiam três dias por semana, caso a estratégia fosse alterada.

Segundo round
Sócios da Portuguesa preparam novas ações na Justiça comum para anular o rebaixamento à Série B do Campeonato Brasileiro. O advogado Yves Gandra Martins, conselheiro do São Paulo e com parentes na Portuguesa, deve ser contratado para emitir parecer pela ilegalidade da queda.

Sem rumo
Faz 40 dias que o promotor Paulo Castilho deixou o cargo de diretor na secretaria de Defesa do Torcedor do Ministério do Esporte e não foi substituído. Sem ele, as ações de combate à violência, que já não iam bem, pararam. O Ministério da Justiça está à frente agora do grupo de trabalho.

Rede social
A Garoto, patrocinadora da Copa do Mundo de 2014 no Brasil, vai reforçar suas ações no Facebook, nos cinco meses que antecedem o Mundial. Na rede social, a marca tem 10 milhões de fãs, em razão de ações como levar 44 garotos para viver um dia de jogador durante a Copa das Confederações, em junho do ano passado.

Caso jurídico
O Flamengo determinou que o departamento jurídico vai cuidar agora do caso do Luiz Antonio, que ontem não se reapresentou com o elenco. Em dezembro do ano passado, o volante foi à Justiça do Trabalho para rescindir o seu contrato, que vai até o fim de 2016. Até agora ele não obteve sucesso.

De Letra
“O Grêmio será um dos poucos do Brasil a iniciar o ano sem débito com atletas”
Rui Costa, diretor-executivo do Grêmio, um dos clubes do país que mais cortou gastos no começo de 2014.



  • andré

    Vai ganhar mesmo, faz me rir, só para dar notícias.

  • Henrique

    Essa notícia é a mesma há 15 anos.
    Vocês são doidos para que isso aconteça.

  • Luiz

    e a grana do gladiador? O grêmio já pagou?

  • Nilson

    De novo isso? Todo ano é a mesma coisa. Ano passado o bobão do Risek cravou que a UNIMED iria sair, dizendo inclusive que tinha duas fontes fidedignas dentro da empresa que cravaram isso. Resultado: Contrato renovado por mais um ano e com renovação automática no final.
    Continuem tentando, daqui a 30 anos vocês acertam.

  • Theo

    Todo ano é a mesma coisa: A Unimed vai sair do Flu, A Unimed vai cancelar os contratos do Flu, Celso Barros vai deixar a Unimed, será que ninguém entende que esse terrorismo não funciona??? Será que vocês não entendem que a parceria é boa pros dois lados e não só pro Flu?

    Vão falar do Bruno na cadeia, achem outro assunto.

    • Cristiano de Freitas

      Onde eu assino ?

    • Smith

      Falar do Bruno porquê? Vc está com saudades dele se encaixando em seu lombo???

      • Theo

        Sua progenitora está.

    • Rodrigo

      O texto apenas cita que” …é a primeira vez que Barros enfrentará oposição…” e que Cláudio Salles, o desafiante, “…defende cortar os gastos fora do ramo da saúde, incluindo o esporte…”. E só. Menos Dan Brown e mais Professor Pasquale, gente.

  • Raphael

    Bruno Andrade mentor da matéria, paulista, trabalhou nos clubes paulistas por 03 anos,
    precisa falar mais alguma coisa?

  • HAMILTON SOARES MARTINS

    Boa tarde ANDRE, essas noticias só vem do flamenguinho, sai fora…………………………..

  • Raphael

    A Unimed não sai em março. o contrato acabou de ser renovado por um ano com opção automática por mais um, justamente porque essa eleição está ganha. E o rompimento? Que está sugerido no título não condiz com o texto que relata sobre o corte de gastos mas não a saída, caso aconteça isso o Flu terá de buscar e exigir novos patrocinadores, que hoje por força de um contrato de exclusividade com a Unimed impede que novos colaboradores invistam no futebol do clube. Sem contar os contratos com jogadores envolvidos que se estendem até 2015 ou mais.

  • Eduardo

    Celso Barros ganha na proporção de 2 para 1. Isso na pesquisa do Salles , porque na do Celso dá 75% dos votos.

    A gestão do Celso é considerada exemplar.Em 14 anos, a receita da Unimed Rio saltou de R$ 290 milhões para R$ 3.2 bilhões ano. O novo Hospital Unimed , inaugurado em 2013 na Barra , é top de linha e alvo do Hospital Sírio Libanês ,de SP, para uma parceria no Rio.

  • mauro m guimaraes

    Todo ano a mesma coisa. Esta é a vontade da FLAPRESS.

  • Esta é uma parceria vencedora para ambas as partes. Os flamenguista não paga água, energia e muito menos plano de saúde só vivem de gatos.

  • O que tem a ver Corinthians, Beira Rio, Hérverton, STJD com a reportagem sobre Celso Barros???
    Saíram do foco!

    • Rodrigo

      Cada trecho é uma micro-matéria independente, Leonardo. (!)

  • otavio

    A Unimed gasta por ano 50 milhoes com o Flu e nos ultimos 5 anos conquistamos 1 copa do brasil 2 campeonatos e 1 vice brasileiro, 2 vice sul americanos…querem midia maior que essa?
    Até mesmo quando tentaram nos derrubar a midia nao parou de falar do FLU…A receita anual da Unimed aumentou em mais de 300 milhoes /ano neste periodo..Só um louco acabaria com esta parceria neste momento…é claro que um dia acaba pois deixa de ser interressante para os dois mas até lá ainda veremos o tricolor campeao das americas e do mundo…
    FAlem mal, mas nunca nos deixem no esquecimento pois assim todos nos ajudam a manter esta parceria.

    • javihein

      3 titulos em 5 anos?

      Aqui então:
      Corinthians com 7.

      2009: Paulista, Copa do Brasil
      2011:Campeonato Brasileiro
      2012: Libertadores, Mundial
      2013: Paulista, Recopa

  • josuel soares da cruz

    Se acabar a parceria milhares de tricolores trocam de plano, com certeza.

    • Emerson

      Milhares?????

    • iago

      ele disse certo, se passar de 1000 já são milhares, não passa muito disso, mas não da pra falar que o tricolete errou

  • José Polvo dos Mares

    Fiquem tranquilinhos, torcedores do Tapete de 3 Cores. Se o Celso Barros perder a eleição, ele entra no STJD, anula o pleito e fica com a presidencia da Unimed para sempre !

  • Marco

    UNIMED/STJD/CBF Investigados pelo MP, a casa vai cair

  • Raphael

    Então que tal lembrarmos de alguns patrocinadores ou colaboradores em outros clubes, por ex.: EMIL PINHEIRO(dinheiro da contravenção), BANK OF AMERICA, MSI, GRUPO SONDA, TELEXFREE (esses 04 citados lavaram ou ainda lavam dinheiro nesse País), BMG(banco do mensalão e tendo ainda funcionários ligados aos clubes patrocinados) e por fim Caixa Econômica Federal, isso sim é uma VERGONHA NACIONAL!

  • This site can be a stroll-through for all the information you wanted about this and didn’t know who to ask. Glimpse here, and you’ll undoubtedly uncover it.

MaisRecentes

Restituição crescente de verba dá ‘gás’ para Ministério do Esporte lutar por orçamento



Continue Lendo

Vadão está de volta à Seleção Brasileira feminina



Continue Lendo

Árbitro da final da Copa do Brasil é cruzeirense. Mas isso não tem a ver com futebol



Continue Lendo