Verba do BNDES não foi para Corinthians



Quase 40 dias após assinado o acordo entre Corinthians, Caixa e BNDES, o dinheiro ainda não chegou. O dinheiro servirá para pagar os empréstimos-ponte tomados pela Odebrecht. Nenhum envolvido explica a razão da demora. Em off, diz-se que o acordo Caixa-Corinthians segue em negociação e que a assinatura foi só um modo de não perder o prazo estipulado para o fim do ano.

Clube rachado
O Santos poderá ter até quatro chapas para disputar a eleição no fim do ano. Hoje há ao menos sete grupos no clube. O presidente Odílio Rodrigues ainda não disse se vai concorrer – o estatuto, em tese, não permite – mas o investimento no time indica que pretende.

Bênção
Um aliado do ex-presidente Andrés Sanchez ouviu dele que o ex-diretor André Luis de Oliveira, um dos seus braços-direitos, terá seu apoio para a eleição para presidente do Corinthinas, mas não será na próxima. Segundo o amigo, Sanchez disse que a hora de Oliveira vai chegar e que ele merece ser presidente.

Sem previsão
Embora o estatuto do Vasco preveja que a diretoria envie a previsão orçamentária a tempo de ser votada pelo Conselho Fiscal e enviada ao Conselho Deliberativo até 30 de novembro, o orçamento nem foi finalizado. A comissão criada pelo presidente Roberto Dinamite no fim do ano rachou e não foi refeita.

Padrão Série B
O presidente do Conselho do Náutico, Berilo Junior, diz que vai aprovar as contas de 2012. O Náutico está atrasado oito meses, o prazo era abril. Por outro lado, o orçamento de 2014 só deve ser votado no fim do semestre pois será apresentado no fim de fevereiro.

Corte de gastos
A diretoria do Vasco definiu o novo teto salarial do elenco em 2014: R$ 200 mil. Com isso, a ideia dos dirigentes é reduzir em R$ 1,5 milhão a folha salarial do time, que vai disputar a Série B do Brasileirão. Hoje, o clube carioca gasta aproximadamente R$ 4 milhões por mês com salários.

Inovação
O Grêmio arrumou um patrocinador para a pré-temporada. Vendendo à Topper até os naming rights do período de preparação, o clube ficará por dez dias em Bento Gonçalves (RS). O objetivo da ação inédita não foi conseguir dinheiro, mas cobrir todas as despesas da pré-temporada e conseguir melhores preços em 2015.

Acordo fechado
O Atlético-PR e Adriano já confeccionam a redação do contrato. Sem jogar desde março de 2012, o atacante, caso passe pelo exame físico, terá um salário simbólico e será remunerado de acordo com o seu rendimento em campo – parecido com a última passagem pelo Flamengo, quando nem jogou.

Status de estrela
Assis, agente e irmão de Ronaldinho Gaúcho, pediu 420 mil euros (R$ 1,3 milhão) por mês e mais R$ 70 mil por partida para fechar com o Besiktas, da Turquia. Além disso, o meia pede um lote mensal de passagens Porto Alegre-Istambul-Porto Alegre para seus familiares irem visitá-lo em na capital turca.

De Letra
“Se vamos votar as contas em janeiro eu não sei, mas vamos ter muito trabalho no Vasco neste mês”
Abílio Borges, presidente do Conselho Deliberativo do Vasco, sobre a votação das contas de 2012.



  • Ademir Santino de Lima

    A Odebrecht, esta sempre envolvida em escândalos de falcatruas em obras no Brasil. Como ela pode esta sempre em Leilões e Licitação de obras públicas?

    • silvio

      Aonde a obra é publica ? privado meu caro

      • Renato

        Silvio, obra privada com dinheiro PÚBLICO !!!

      • E os 420 milhões do CID, o que são? Verba pública, meu caro…

        • Mario

          Então , meu caro Lalo, todas as indústrias multinacionais instaladas no Brasil são obras públicas. As prefeituras cedem terrenos, isenção fiscal por 10 a 20 anos e ainda tem verbas do BNDES.

      • silvio, o Ademir não citou o estádio, ele falou da construtora….. quando a carapuça serve….

MaisRecentes

Um Tite x Carille ajudará famílias das vítimas do acidente da Chapecoense



Continue Lendo

Na situação, também há simpatia por união geral e candidato único no Flamengo



Continue Lendo

Grêmio tem reunião nesta sexta na Conmebol: arbitragem em pauta



Continue Lendo