Alto salário afasta Cícero do Corinthians



Campeonato Brasileiro - Santos x Bahia

Cícero está emprestado pelo Tombense ao Santos até o fim de 2014 (Foto: Ivan Storti)

A diretoria do Corinthians definiu o valor máximo de salário para oferecer a Cícero: R$ 300 mil. O meia, que está emprestado ao Santos até o fim de 2014 e recebe R$ 350 mil na Vila Belmiro, pede R$ 450 mil para fechar com o Timão. Por causa da grande diferença de valores, a negociação não deve avançar. Além do Corinthians, Cícero também interessa ao Shandong Luneng (CHI).

Sem interesse
Procurada pelo Santos, a Teisa não quis participar da negociação com Rildo, da Ponte Preta. Para fechar com o atacante, o clube vai contar com a ajuda da Doyen Sports, que já havia participado da compra de Leandro Damião. Rildo custará R$ 9,6 milhões.

Impasse
A contratação do volante Edinho pelo Grêmio causou o primeiro impasse entre membros da diretoria e o técnico Enderson Moreira. Indicado pelo novo treinador, o ex-jogador do Fluminense não é visto com bons olhos por parte da direção por ser identificado com o rival Internacional, clube que defendeu entre 2003 e 2008.

Multa à vista?
O departamento jurídico do Internacional estuda multar a construtora Andrade Gutierrez caso o Beira-Rio não seja entregue até 31 de dezembro, prazo estipulado no contrato. O primeiro jogo em casa do Colorado, pelo Gaúchão, está marcado para o dia 18 de janeiro.

Corte de gastos
A diretoria do Vasco planeja reduzir em R$ 1,5 milhão a folha salarial do time, que vai disputar a Série B do Brasileirão em 2014. Hoje, o clube carioca gasta aproximadamente R$ 4 milhões com salários. A postura de cortar gastos foi o principal motivo que afastou Dida do clube. O goleiro pediu R$ 400 mil por mês para fechar acordo.

Proposta
Em conversas com Francisco Novelletto, possível candidato da oposição na eleição da CBF, Hélio Cury, presidente da Federação Paranaense, sugeriu a criação de dois cargos remunerados na entidade: um representante de clubes e um representante de federações. A ideia é descentralizar as obrigações do futuro presidente.

Foco nordestino
Andrés Sanchez, outro possível candidato da oposição na eleição presidencial da CBF, se reuniu nos últimos dias com quatro presidentes de federações nordestinas: Ednaldo Rodrigues (Bahia), José Vanildo (Rio Grande do Norte), José Carivaldo (Sergipe) e Rosilene Gomes (Paraíba).

Garoto-propaganda
O contrato de patrocínio da Lenovo com o lutador Anderson Silva, ex-campeão dos médios do UFC, terá duração de três meses, a partir do dia 28, quando o brasileiro irá disputar o UFC168, em Las Vegas. O acordo prevê a utilização do Spider em campanhas publicitárias na TV e nas redes sociais.

Ultimato
A diretoria do Internacional se revoltou com as declarações do atacante Ignacio Scocco à imprensa argentina. Pouco aproveitado no time gaúcho em 2013, o jogador deu entrevistas dizendo que gostaria de voltar ao futebol da Argentina. Membros da direção ligaram para Scocco e o criticaram pela atitude.

De Letra
“A oposição quer a descentralização total de poder no futebol brasileiro”
Ednaldo Rodrigues Peres, presidente da Federação Baiana, sobre a filosofia de trabalho divulgada internamente pela oposição da CBF.



MaisRecentes

Valorizado após a Copa do Mundo, Fágner tem proposta do Napoli-ITA



Continue Lendo

Fora de painel com ídolos em São Januário, Pedrinho deve entrar na próxima expansão



Continue Lendo

Neymar é o alvo do Real Madrid para o lugar de Cristiano Ronaldo, revela jornalista espanhol



Continue Lendo