Andrés faz tour atrás de apoio para a CBF



Treino do Corinthians

Andrés Sanchez pode ser o candidato da oposição na eleição presidencial da CBF (Foto: Tom Dib)

A busca de Andrés Sanchez por aliados para se candidatar à presidência da CBF segue a todo vapor. Após se encontrar na quarta-feira com José Vanildo, presidente da Federação Potiguar, o ex-presidente do Corinthians vai se reunir nos próximos dias com Ednaldo Rodrigues Gomes e José Carivaldo de Souza, presidentes das Federações Baiana e Sergipana, respectivamente. Além de Andrés, Francisco Novelletto, presidente da Federação Gaúcha, também tem viajado pelo Brasil para analisar as chances da oposição na eleição.

Crise interna
O impasse sobre o futuro do DIS, que deve fechar nos próximos dias, gera atrito entre os presidente da empresa, Roberto Moreno, e do do Grupo Sonda, José Barral. Moreno é acusado de dar declarações que desvalorizam os atletas do DIS, prejudicando o Sonda.

Estratégia
O presidente do São Paulo, Juvenal Juvêncio, vai definir na segunda-feira a estratégia para aprovar o contrato para a reforma do Morumbi. Há três opções: mudança no estatuto para reduzir o quorum do Conselho para aprovação do contrato, mudança na garantia e aumento do tempo de concessão para o fundo.

Conselhos
O técnico Mano Menezes pediu a Tite, no início desta semana, conselhos sobre o elenco e a comissão técnica do Corinthians. Por telefone, o ex-treinador corintiano, que está em férias com a família em Caxias do Sul (RS), finalizou o bate-papo desejando sorte ao seu sucessor, que é gaúcho como ele.

Corte de gastos
A diretoria do Internacional vai discutir na semana que vem com membros do Conselho o orçamento para contratações em 2014. Mas o novo técnico Abel Braga já foi avisado que o clube gaúcho não gastará muito com contratações. O clube é um dos que deve sofrer mais com o fim do DIS.

Interminável
Conselheiros que acompanham o Allianz Parque já duvidam que a obra acabe em outubro de 2014 – oficialmente a WTorre ainda fala em junho. Dizem que a falta de transparência da WTorre, as mudanças nos prazos e os 30% que ainda faltam cumprir indicam que a obra vai atrasar de novo.

Adiado
O grupo opositor Mais Botafogo acatou a decisão do Conselho de debater a previsão do orçamento para 2014 só em janeiro, e não fará pressão para o debate neste ano, como manda o estatuto. A primeira previsão nem sequer chegou a ser lida pelo CD, pois foi feita antes do fim do Brasileiro.

Redimensionado
O presidente do Palmeiras, Paulo Nobre, comentou com um amigo num jantar que no ano que vem pretende que o diretor executivo José Carlos Brunoro fique mais concentrado no futebol, deixando áreas como o Marketing de lado. Nobre considera que o clube está mais estruturado e que não precisa mais de um “superdiretor”.

Volta do ídolo
O Fluminense pode fazer a apresentação da volta do meia Conca no Maracanã, em evento aberto para a torcida. Outra alternativa, mais barata e mais simples, é fazer a festa na sede do clube, nas Laranjeiras, apenas para convidados. O ídolo do clube carioca estava na China e acertou contrato até 2016.

De Letra
“Não ter ninguém na CBF no fim do ano é um absurdo. Deveria ter alguém de plantão”
Cristiano Caús, advogado do Santos, sobre o fato de a CBF entrar em recesso amanhã e voltar no dia 3 de janeiro.



MaisRecentes

Zagueiro Felipe Santana, ex-Atlético-MG, pode ir para o futebol alemão



Continue Lendo

Investimento milionário na Granja Comary incomoda dirigentes de clubes da Série A



Continue Lendo

Cargos de vice-presidentes têm gerado desconforto entre grupos políticos no Vasco



Continue Lendo