São Paulo diz que jogo de volta contra a Ponte Preta será em Mogi Mirim



Copa Sul Americana; São Paulo x Ponte Preta

Ponte Preta venceu o São Paulo por 3 a 1 no jogo de ida no Morumbi (Foto: Eduardo Viana)

A Ponte Preta conseguiu nesta sexta-feira um laudo do Corpo de Bombeiros que atesta capacidade para 20.975 torcedores no estádio Moisés Lucarelli e já o encaminhou à Federação Paulista de Futebol (FPF) para que o documento chegue à Conmebol. Contudo, de acordo com o São Paulo, a entidade sul-americana não acatou o pedido pontepretano e o Majestoso não será o local do segundo jogo decisivo da semifinal da Sul-Americana.

Em contato com a coluna De Prima, o presidente tricolor Juvenal Juvêncio afirmou ter sido procurado por membros da Conmebol acerca do caso. O mandatário relatou as irregularidades e a entidade que comanda o futebol sul-americano manteve a decisão de que o segundo jogo será realizado no estádio Romildo Ferreira, em Mogi Mirim, a 50 km de Campinas. O local é o plano B do clube campineiro para mandar o duelo . A partida ocorrerá no próximo dia 27, às 21h50 (horário de Brasília).

A Ponte Preta tentou até os últimos instantes mandar o jogo no Moisés Lucarelli. Para não criar expectativas para a sua torcida, a Macaca tratou de forma sigilosa a última vistoria feita pelo Corpo de Bombeiros.

Dentre as medidas prescritas para conseguir o novo laudo, o clube  campineiro terá que fazer algumas alterações no estádio. A principal será a mudança dos portões. A entrada principal hoje será apenas saída e os torcedores entrarão pelo portão lateral do estádio Moisés Lucarelli.

A Ponte Preta retardou o início da venda de ingressos para o confronto decisivo por ainda acreditar na chance de o jogo ocorrer no Majestoso. Agora, deve iniciar nos próximos dias as vendas. De acordo com a diretoria da Macaca, os são-paulinos só terão direito a 5% da carga total.



MaisRecentes

Campanha ajuda Fortaleza a trazer de volta atacante Osvaldo



Continue Lendo

Ferj se surpreende com informalidade da prefeitura do Rio de Janeiro



Continue Lendo

Elenco do Palmeiras pede por Deyverson, Felipão dá chance, mas diretoria quer negociá-lo



Continue Lendo