Oposição do Fla vai ao Procon contra preço de ingressos



 

Um grupo de oposição do Flamengo entrou nesta tarde com uma denúncia no Procon, contra o aumento dos preços dos ingressos para a partida da final da Copa do Brasil, contra o Atlético-PR, no Maracanã. A diretoria do clube majorou os preços em até 300%, passando o lugar mais barato de R$ 60 para R$ 250. Nas semifinais da Copa do Brasil, o valor desse tipo de ingresso já havia sido aumentado para R$ 100.

– O que estão fazendo contra os torcedores mais pobres é uma sacanagem. Se fossem aumentar o preço dos lugares mais caros, eu até concordaria, mas multiplicar por quatro o preço dos lugares mais baratos é um abuso – disse Ribeiro.

Baptista, aliás, por meio da empresa SKY da qual é o presidente, está envolvido em processo contra o próprio Ribeiro no primeiro semestre quando ele disse que havia conflito de interesse nos fatos de Bap ser vice de Marketing do Fla e presidente da SKY, porque num cargo ele vendia direitos de TV e no outro ele comprava. A ação é da empresa contra o conselheiro.

 

 

 

 

 

procon

ação criminal

 

 



MaisRecentes

Governo admite que errou em MP que retira recursos do esporte



Continue Lendo

Sem resposta de Zé Ricardo, Milton Mendes entra no radar do Botafogo



Continue Lendo

Novo diretor de futebol do Fluminense, Paulo Angioni tem três nomes para lugar de Abel Braga



Continue Lendo