Oposição do Fla vai ao Procon contra preço de ingressos



 

Um grupo de oposição do Flamengo entrou nesta tarde com uma denúncia no Procon, contra o aumento dos preços dos ingressos para a partida da final da Copa do Brasil, contra o Atlético-PR, no Maracanã. A diretoria do clube majorou os preços em até 300%, passando o lugar mais barato de R$ 60 para R$ 250. Nas semifinais da Copa do Brasil, o valor desse tipo de ingresso já havia sido aumentado para R$ 100.

– O que estão fazendo contra os torcedores mais pobres é uma sacanagem. Se fossem aumentar o preço dos lugares mais caros, eu até concordaria, mas multiplicar por quatro o preço dos lugares mais baratos é um abuso – disse Ribeiro.

Baptista, aliás, por meio da empresa SKY da qual é o presidente, está envolvido em processo contra o próprio Ribeiro no primeiro semestre quando ele disse que havia conflito de interesse nos fatos de Bap ser vice de Marketing do Fla e presidente da SKY, porque num cargo ele vendia direitos de TV e no outro ele comprava. A ação é da empresa contra o conselheiro.

 

 

 

 

 

procon

ação criminal

 

 



MaisRecentes

Final da Libertadores desperta interesse do espectador brasileiro e audiência explode



Continue Lendo

Pedro Abad pode deixar o comando do Fluminense ainda em 2018



Continue Lendo

Contratação de Felipe Melo pelo Flamengo faz parte de ‘presente de Natal’ pedido por Abel Braga



Continue Lendo