Bom Senso F.C. prepara proposta para 2015



O movimento Bom Senso F.C. está montando uma proposta de calendário para 2015. Ela inclui pontos já debatidos, como os sete jogos mensais e redução de estaduais para times grandes, mas também trata do respeito a datas Fifa e Estaduais em formato de copa, que permitam aos pequenos jogar durante todo o ano. Ainda não foi definida a estratégia para levar à CBF.

Quebra
O contrato de apoio do Governo do Rio à Soccerex previa que o governo arcaria, além do aluguel do Maracanã, com passagens e diárias de mais de 50 pessoas. O evento, que ocorreria na primeira semana de dezembro, foi cancelado após a retirada do apoio estadual.

Por um triz
A Footecon, encontro do mercado de futebol que acontece em dezembro, no Rio, também quase foi cancelado. O Governo iria retirar também o apoio ao evento, mas aceitou manter parte do dinheiro. O fórum será reduzido a duas salas de exposição. Os organizadores só começaram a montar a programação a partir de agora.

Sem leilão
A diretoria do Atlético-MG promete não entrar em leilão para renovar com Ronaldinho Gaúcho, cujo contrato se encerra no fim deste ano. Ainda assim, Eduardo Maluf, diretor de futebol do Galo, confia na permanência do craque. Segundo o dirigente, o jogador está feliz em Belo Horizonte.

No azul
O Atlético-MG prevê um superávit de R$ 50 milhões para este ano. Parte do montante será utilizado para pagar dívidas. O clube afirma que zerou os débitos trabalhistas. A principal razão do balanço positivo foi a venda de Bernard por cerca de R$ 77 milhões ao Shakhtar, da Ucrânia.

Procura-se
Conselheiros do Palmeiras formalizaram um pedido ao vice do conselho Elio Esteves para a convocação de Afonso Della Monica e Luiz Gonzaga Belluzzo para esclarecimentos sobre o contrato com a WTorre. O principal alvo é Della Monica: dizem que o ex-presidente só dá sinal de vida ao telefonar em aniversários.

De fora
Causou surpresa entre algumas federações o anúncio do secretário nacional do Futebol, Toninho Nascimento, de que ficarão fora do projeto de refinanciamento de dívidas dos clubes. As entidades, por uma comissão, já tinham discutido duas vezes o refinanciamento com o Governo Federal.

Inédito
A CBF está financiando um estudo da Pluri Consultoria para a Federação Brasiliense. A pesquisa busca saber o que os torcedores do Distrito Federal esperam do campeonato local. É á primeira vez que uma pesquisa do tipo é feita em uma das 17 federações que hoje não tem clubes na Série A.

Opositor
Rodrigo Caetano, diretor executivo do Fluminense, é um dos fortes opositores de Vanderlei Luxemburgo. O dirigente, além de dizer nos bastidores que não vai seguir no clube em 2014, espera que o técnico deixe o cargo após o Brasileirão. O contrato de Caetano com o Fluminense se encerra no fim deste ano.

DE LETRA
“Esses clubes mais ricos como Barcelona, Real Madrid, todos construíram estádios com dinheiro público”
Andrés Sanchez, ex-presidente do corinthians, recriando a história para defender a Arena Corinthians.



  • r_colorado

    Oque precisa é diminuir ao maximo o estadual, primeiro, porque não se pode ter jogo de clube em dia de jogo da chata seleção brasileira, os clubes perdem seus jogadores e são prejudicados. segundo é que não se pode tirar o direito dos clubes de jogar a sulamericana, é muito mais importante que o estadual.

  • Karlão

    Este ultimo tópico é interessante:
    Torna, oficialmente, o Corinthians beneficiário confesso do dinheiro publico que foi pro ralo –
    Pergunto: A onde a população da região se beneficiou?
    R: Em nada. Absolutamente em nada

    • Thiago Ferreira

      Onde você viu dinheiro publico na Arena Corinthians? Ou você está se referindo ao do Inter, do Gremio, ou do Atletico Paranaense, todos já receberam financiamento do BNDES numa boa.

      Hipocritas.

  • PAULO TADEU BANZATO

    O questionamentos aos presidentes Della Monica e Beluzzo é importante saber, quem errou no contrato com a WTORRE. O contrato prevê 30 anos de gestão da construtora, o ideal deveria ser de 100 anos, da tempo de se profissionalizar, e não mais diretores de carteirinha.

  • Rui

    Dívidas podem levar grandes clubes brasileiros ao rebaixamento
    Times como Flamengo e Internacional, que devem mais de R$ 2,4 milhões, teriam 240 meses para pagar e evitar perda de pontos e queda

    • Smith

      Teria que montar novos clubes… Pois todos os grandes clubes do Brasil devem e muito!!!

  • pereira

    quero dizer ao ex. dirigente do Corinthians que dinheiro público foi feito para melhorar os serviços publico como escolas, hospitais etc… e não ficar financiando estádios de futebol, se vocês dirigentes fossem mais competentes não deixaria os clubes brasileiros afundados em dividas.

  • Bruno MD

    Roanldinho nao fica no Atletico em 2014!!!

  • Lan Verde

    Finalmente o sr. Andres Sanches reconhece em público e de forma oficial que o Itaqueirão
    está sendo totalmente construido com dinheiro público.

  • nicasio

    Vao todos se ferrar!

  • Cristiano Galo Doido

    Ronaldinho sabe como é bom jogar em paz, com a torcida ao seu lado. Dinheiro é bom, mas nessa altura da vida, o cara que já provou dele sabe que há outras coisas a serem levadas em conta. O lugar dele é no Galão da Massa.

  • Pra que outro estádio na capital paulista? Tá sobrando dinheiro, investe em educação, saúde e segurança! Fácil.

  • Rodrigo

    Outro fator que penso que deve ser uma mudança boa para os torcedores(principalmente das grandes cidades) o horário do jogos noturno na minha concepção deve ser no máximos as 21:00 hs pois voltar para casa 00:00 para chegar 2 ou 3 da manha para trabalhar outro dia ninguém merece. Outro aspecto em uma lei que limite o teto dos ingressos do jogos na minha concepção deve ser no máximo 5% do salario minimo….. e se adequa ao calendário internacional entre vários outros importantíssimos pontos a serem abordado para um futebol melhor….

  • itaquerao

    esse itaquerao fidido devria cair no chao no dia da inauguracao

    • alessandro

      O pior e vc ter q assistir o coringão ganhando varios titulos naquele templo sagrado

MaisRecentes

Orçamento de 2018 está sob análise dos conselhos do Flamengo



Continue Lendo

Placar das finanças: Corinthians batalha para fechar 2017 perto do ‘0 a 0’



Continue Lendo

Curso de treinador sem chancela de Conmebol e Fifa liga sinal de alerta



Continue Lendo