Corinthians vê como ‘esdrúxula’ a ideia de criação de torcidas organizadas internas



O Corinthians analisou como um “ato esdrúxulo” a sugestão de Marco Polo Del Nero, presidente da FPF (Federação Paulista de Futebol), de criar torcidas organizadas internas dos clubes a fim de diminuir a violência nos estádios.

A diretoria alvinegra diz que, mesmo sem ter uma “torcida oficial” para tomar conta, ela já tem sofrido e pagado pelos erros dos torcedores de facções uniformizadas que não tem vínculo com o clube.

No Campeonato Brasileiro deste ano, o Timão já foi multado em R$ 80 mil e cinco mandos. Quatro deles devido a briga entre torcedores corintianos e vascaínos no Mané Garrincha, em Brasília. A quinta punição aconteceu por causa de uma garrafa atirada pela torcida no auxiliar, no jogo contra a Portuguesa, em Campo Grande.



MaisRecentes

Futebol americano: NFL e Microsoft ampliam parceria de atuação digital



Continue Lendo

Delta torna-se o primeiro parceiro da Olimpíada de Los Angeles-2028



Continue Lendo