Allianz Parque não vai ficar pronto em abril



*Colaborou Renato Homem e Fabricio Crepaldi

O Allianz Parque não ficará pronto em abril. Embora a WTorre diga que o prazo não mudou, há evidências contrárias. Várias atividades que já deveriam começar estão paradas. Os organizadores do show de estreia enviaram aos donos de ingressos aviso de que o lugar poderá mudar. E funcionários só garantem que a entrega não passa do fim de 2014. O prazo provável é outubro.

Padrão Fifa+
O Allianz Parque terá mais banheiros e lanchonetes por torcedor do que qualquer estádio no Brasil que receberá a Copa do Mundo de 2014. Haverá um mictório ou privada para 15 torcedores. Em cada ponto de acesso à arquibancada há uma lanchonete.

Massificação
O MInistério do Esporte vai lançar uma série de minicentros olímpicos de alto rendimento por todo o Brasil. Segundo o ministro Aldo Rebelo disse ontem, serão 280 centros, em média mais de dez por estado, que terão instalações para algumas das 27 modalidades olímpicas.

Fogo eleitoral
A reunião do Conselho Deliberativo do São Paulo nesta noite promete ser acalorada. Conselheiros de oposição prometem fazer muitos questionamentos ao vice Roberto Natel, passando por distribuição de ingressos dos camarotes do Morumbi. Natel já prometeu responder a tudo.

Invasão platina
A delegação argentina deverá uma das maiores da Soccerex. Capitaneados pelo Ministério da Indústria e Comércio, o grupo do país vizinho adquiriu um dos maiores estandes para a feira – 72 m2 – que será fatiado entre o governo, expositores e clubes portenhos, entre eles os grandes Boca Juniors e Racing.

Convite especial
Antonino Jesse Ribeiro, vice-presidente do Palmeiras e político do PP de Paulo Maluf, foi convidado por José Maria Marin, presidente da CBF, para ser uma espécie de  embaixador do COL em Brasília e ajudar na organização da Copa do Mundo de 2014. Ele aceitou o convite e deve iniciar os trabalhos nos próximos dias.

Queda leve
Mesmo queimado com a torcida, Alexandre Pato ainda pode render ao Corinthians. O atacante é avaliado em R$ 36 milhões pela empresa alemã Trasfermarkt, maior base de dados do mercado futebolístico europeu. O número 10% menor do que os R$ 40 milhões pagos pelo Corinthians.

Guerra eleitoral
A oposição do Náutico se revoltou com o presidente Paulo Wanderley, que ignorou a decisão do Conselho Deliberativo e barrou os sócios inadimplentes na eleição de dezembro. Os opositores dizem que este grupo é formado quase todo por sócios insatisfeitos com a atual diretoria.

Estrela sobe
Após a vitória sobre o Real Madrid, no sábado, dirigentes do Barcelona desceram ao vestiário do Camp Nou para falar em separado com o atacante Neymar, destaque da partida. Fizeram elogios ao brasileiro e deixaram claro o tamanho do seu prestígio com a cúpula do clube catalão.

De Letra
“Não teve incêndio nenhum. Foi uma panela que pegou fogo”
Aldo Rebelo, ministro do esporte, sobre o incidente ocorrido na Arena Pantanal, em Cuiabá, na última sexta-feira.



MaisRecentes

Governo admite que errou em MP que retira recursos do esporte



Continue Lendo

Sem resposta de Zé Ricardo, Milton Mendes entra no radar do Botafogo



Continue Lendo

Novo diretor de futebol do Fluminense, Paulo Angioni tem três nomes para lugar de Abel Braga



Continue Lendo