Leco retira candidatura à presidência do São Paulo



O vice-presidente do São Paulo, Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, retirou sua candidatura à presidência do São Paulo na noite desta terça-feira. A decisão ocorreu em reunião do grupo político Participação, do qual Leco é coordenador, e ao qual pertence também o vice-presidente de comunicações e marketing do clube, Júlio Casares. Também participaram líderes de outros grupos ligados à atual diretoria do clube.

Leco e Casares eram, ao lado do vice social e de esportes amadores, Roberto Natel, os pré-candidatos da situação para as eleições presidenciais, que ocorrerão em abril. O atual presidente, Juvenal Juvêncio, acabou optando por Carlos Miguel Aidar. Casares retirou sua candidatura e oficializou apoio a Aidar, seguido por Natel. Leco, entretanto, sentiu-se traído, e manteve que seria candidato.

Na última quarta-feira, antes da vitória sobre o Náutico, pelo Brasileiro, Juvenal Juvêncio procurou Leco e fez um apelo para que apoiasse seu candidato.  O vice-presidente até chegou ao Morumbi no ônibus da delegação, mas ainda relutava em anunciar uma decisão.



MaisRecentes

Conselheiros do Vasco criticam atuação de diretor de futebol



Continue Lendo

Árbitros da Ferj estão sem receber parte dos pagamentos



Continue Lendo

Fora de São Paulo, Paraná lidera número de visitantes na Arena Corinthians



Continue Lendo