Gestão trava projetos no Corinthians



O modelo de gestão adotado por Mario Gobbi no Corinthians causa discordância entre departamentos. Projetos que são encaminhados à presidência são submetidos às opiniões do diretor administrativo, braço direito de Gobbi, José Max Reis, incomodando os responsáveis das diretorias. Duas ações do marketing estão paradas pelo desentendimento.

Cara a cara
Paulo André (zagueiro), Virgílio Elisio (diretor da CBF), Alex (meia) e Marcelo Campos Pinto (diretor da Globo) vão dividir a mesa em um debate mês que vem. Os jogadores, líderes do Bom Senso FC, não poupam críticas à CBF e a emissora por causa do calendário.

Mal estar
Membros da comissão de reforma de estatuto do Palmeiras querem revogar, já neste mandato, o artigo que torna todos os vice-presidentes conselheiros vitalícios após o mandato. A medida está gerando mal estar com aliados de Elio Esteves, vice do conselho, que derrotou o candidato de Paulo Nobre para o posto.

Bate boca
Um conselheiro do São Paulo questionou o vice-presidente Roberto Natel, proprietário de um posto de gasolina, sobre o abastecimento da frota de carros do clube, e sobre os camarotes do Morumbi. Natel revoltou-se com a postura, e protocolou ação no Conselho Disciplinar do clube.

Pedido
A federação paranaense vai pedir ao Conselho Nacional do Esporte autorização para mudar o formato do seu campeonato no próximo ano, já que o Estatuto do Torcedor impede mudanças. Com o calendário apertado, a entidade não consegue cortar datas sem mudar o funcionamento.

Parceria
O Corinthians conseguiu três doações para o CT até agora, desde que o projeto de Lei de Incentivo foi aprovado, em janeiro de 2013. A Ambev doou cerca de R$ 1,5 milhão e a Odebrecht, R$ 1 milhão. O outro doador foi o gerente financeiro do clube, que deu R$ 50, para teste do sistema.

Liderança
Dida, goleiro do Grêmio, foi escolhido para ser um dos principais representantes do Bom Senso FC por causa da única reunião presencial que o grupo teve. Ele chamou a atenção dos jogadores por ter falado muito no encontro, comportamento oposto ao que apresenta nos gramados.

Responsabilidade
Projeto de lei do senador Vital do Rêgo (PMDB-PB), prevendo punições a dirigentes esportivos que deixarem dívidas pare seus sucessores, deverá entrar na pauta da próxima Comissão e Constituição e Justiça do Senado. A medida conta com parecer a favor, e abrangeria os bens pessoais dos cartolas.

Movimento
A aproximação do meia Alex, do Coritiba, com o PSDB tem sido alvo de críticas entre cartolas do futebol. Eles dizem que o jogador está se aproveitando do movimento Bom Senso FC para se filiar a um partido e inciar sua carreira na política. A legenda não confirma a filiação.

De Letra
“É preciso lembrar que a CBF planeja o calendário e oferece datas para as competições, mas a decisão de fazer o estadual é de cada um”, Reinaldo Carneiro Bastos, vice-presidente da FPF e diretor da CBF, sobre o calendário.



MaisRecentes

Clube da China deve fazer proposta ao Palmeiras para contratar Deyverson



Continue Lendo

Bittencourt é o primeiro presidente do Fluminense a apresentar dirigentes da base em Xerém



Continue Lendo

Pela primeira vez, desde que assumiu a CBF, Rogério Caboclo participará de um programa ao vivo



Continue Lendo