Gestão trava projetos no Corinthians



O modelo de gestão adotado por Mario Gobbi no Corinthians causa discordância entre departamentos. Projetos que são encaminhados à presidência são submetidos às opiniões do diretor administrativo, braço direito de Gobbi, José Max Reis, incomodando os responsáveis das diretorias. Duas ações do marketing estão paradas pelo desentendimento.

Cara a cara
Paulo André (zagueiro), Virgílio Elisio (diretor da CBF), Alex (meia) e Marcelo Campos Pinto (diretor da Globo) vão dividir a mesa em um debate mês que vem. Os jogadores, líderes do Bom Senso FC, não poupam críticas à CBF e a emissora por causa do calendário.

Mal estar
Membros da comissão de reforma de estatuto do Palmeiras querem revogar, já neste mandato, o artigo que torna todos os vice-presidentes conselheiros vitalícios após o mandato. A medida está gerando mal estar com aliados de Elio Esteves, vice do conselho, que derrotou o candidato de Paulo Nobre para o posto.

Bate boca
Um conselheiro do São Paulo questionou o vice-presidente Roberto Natel, proprietário de um posto de gasolina, sobre o abastecimento da frota de carros do clube, e sobre os camarotes do Morumbi. Natel revoltou-se com a postura, e protocolou ação no Conselho Disciplinar do clube.

Pedido
A federação paranaense vai pedir ao Conselho Nacional do Esporte autorização para mudar o formato do seu campeonato no próximo ano, já que o Estatuto do Torcedor impede mudanças. Com o calendário apertado, a entidade não consegue cortar datas sem mudar o funcionamento.

Parceria
O Corinthians conseguiu três doações para o CT até agora, desde que o projeto de Lei de Incentivo foi aprovado, em janeiro de 2013. A Ambev doou cerca de R$ 1,5 milhão e a Odebrecht, R$ 1 milhão. O outro doador foi o gerente financeiro do clube, que deu R$ 50, para teste do sistema.

Liderança
Dida, goleiro do Grêmio, foi escolhido para ser um dos principais representantes do Bom Senso FC por causa da única reunião presencial que o grupo teve. Ele chamou a atenção dos jogadores por ter falado muito no encontro, comportamento oposto ao que apresenta nos gramados.

Responsabilidade
Projeto de lei do senador Vital do Rêgo (PMDB-PB), prevendo punições a dirigentes esportivos que deixarem dívidas pare seus sucessores, deverá entrar na pauta da próxima Comissão e Constituição e Justiça do Senado. A medida conta com parecer a favor, e abrangeria os bens pessoais dos cartolas.

Movimento
A aproximação do meia Alex, do Coritiba, com o PSDB tem sido alvo de críticas entre cartolas do futebol. Eles dizem que o jogador está se aproveitando do movimento Bom Senso FC para se filiar a um partido e inciar sua carreira na política. A legenda não confirma a filiação.

De Letra
“É preciso lembrar que a CBF planeja o calendário e oferece datas para as competições, mas a decisão de fazer o estadual é de cada um”, Reinaldo Carneiro Bastos, vice-presidente da FPF e diretor da CBF, sobre o calendário.



MaisRecentes

Governo admite que errou em MP que retira recursos do esporte



Continue Lendo

Sem resposta de Zé Ricardo, Milton Mendes entra no radar do Botafogo



Continue Lendo

Novo diretor de futebol do Fluminense, Paulo Angioni tem três nomes para lugar de Abel Braga



Continue Lendo