Ídolo do passado deve disputar pleito no Flu



Delei, volante e ídolo do Fluminense nos anos 80, deve ser o candidato da oposição à presidência do Fluminense em novembro. Delei já tem o apoio do ex-presidente Roberto Horcades. O presidente da Unimed, Celso Barros, ainda não decidiu a quem irá apoiar. A escolha de Delei desagradou a algumas alas da oposição, o que torna o presidente Peter Siemsen ainda mais favorito.

Procura-se tradutor
O site  da CBF disponibilizou ontem um link para a compra de ingressos do amistoso Brasil x Zâmbia, em Pequim (CHI). Mas o site é inteiramente em chinês, e não é possível fazer o cadastro ou compreender nada do que está escrito, a não ser que se entenda a língua.

Contenção
Os dirigentes do Flamengo se assustaram com o valor pago pelo Fluminense ao gerente Rodrigo Caetano, segundo eles, bem superior ao de Paulo Pelaipe. Segundo eles, se o clube decidir pela substituição de Pelaipe, Caetano teria que aceitar redução de salário para se mudar para o Rubro-Negro.

De chinelo
Mesmo no Brasil, o presidente da CBF, José Maria Marin, não apareceu na coletiva de imprensa que anunciou a convocação para os próximos jogos da Seleção. O evento aconteceu menos de uma semana depois da divulgação do calendário de 2014, que tem gerado polêmica. Marin permaneceu na sede da entidade.

Estrela de fora
O Palmeiras pode contratar um estrangeiro para a equipe que fará o controle de gestão do Allianz Parque. Apesar de a gestão do estádio estar a cargo da WTorre e AEG, o Palmeiras vai montar uma equipe de profissionais – raros no Brasil – para auditar o trabalho e defender seus interesses.

Cano
A presença de quatro ex-presidentes – Fernando Casal de Rey, Paulo Amaral, José Douglas Dallora e José Eduardo Mesquita Pimenta – foi o chamariz da oposição do São Paulo na divulgação do encontro que reuniu sócios e conselheiros no dia último 25. O quarteto, porém, não apareceu.

Adiado
Corinthians e Odebrecht adiaram novamente o prazo para pagar dos empréstimos-ponte tomados pela construtora para as obras da arena. O novo período agora estende-se até o final de outubro. O clube e a empresa estão confiantes que até lá, o acordo com a Caixa pelo financiamento do BNDES será concluído.

Sem descanso
Algumas escolas de São Paulo vão entrar na Justiça, para garantir que não terão de entrar de férias durante toda a Copa. A ação segue-se á decisão da Justiça do Distrito Federal em pleito similar feito por escolas da capital federal. Esse período de férias está previsto na Lei Geral da Copa.

Mudanças
Após o movimento dos jogadores contra o calendário de 2014, o vice da FPF, Reinanldo Carneiro Bastos,  disse que a entidade estuda alternativas para apresentar aos clubes, na reunião de outubro. Bastos não descartou a possibilidade de o Estadual ter início uma semana depois do sugerido pela CBF.

DE LETRA
“Agradeço pela atitude. Mas ela não teve nenhuma outra conotação, é só isso. Nada mudou. Sou candidato”
Carlos Augusto Barros e Silva vice do São Paulo, sobre ato de apoio feito pela oposição do clube.



MaisRecentes

Zagueiro Felipe Santana, ex-Atlético-MG, pode ir para o futebol alemão



Continue Lendo

Investimento milionário na Granja Comary incomoda dirigentes de clubes da Série A



Continue Lendo

Cargos de vice-presidentes têm gerado desconforto entre grupos políticos no Vasco



Continue Lendo