Ídolo do passado deve disputar pleito no Flu



Delei, volante e ídolo do Fluminense nos anos 80, deve ser o candidato da oposição à presidência do Fluminense em novembro. Delei já tem o apoio do ex-presidente Roberto Horcades. O presidente da Unimed, Celso Barros, ainda não decidiu a quem irá apoiar. A escolha de Delei desagradou a algumas alas da oposição, o que torna o presidente Peter Siemsen ainda mais favorito.

Procura-se tradutor
O site  da CBF disponibilizou ontem um link para a compra de ingressos do amistoso Brasil x Zâmbia, em Pequim (CHI). Mas o site é inteiramente em chinês, e não é possível fazer o cadastro ou compreender nada do que está escrito, a não ser que se entenda a língua.

Contenção
Os dirigentes do Flamengo se assustaram com o valor pago pelo Fluminense ao gerente Rodrigo Caetano, segundo eles, bem superior ao de Paulo Pelaipe. Segundo eles, se o clube decidir pela substituição de Pelaipe, Caetano teria que aceitar redução de salário para se mudar para o Rubro-Negro.

De chinelo
Mesmo no Brasil, o presidente da CBF, José Maria Marin, não apareceu na coletiva de imprensa que anunciou a convocação para os próximos jogos da Seleção. O evento aconteceu menos de uma semana depois da divulgação do calendário de 2014, que tem gerado polêmica. Marin permaneceu na sede da entidade.

Estrela de fora
O Palmeiras pode contratar um estrangeiro para a equipe que fará o controle de gestão do Allianz Parque. Apesar de a gestão do estádio estar a cargo da WTorre e AEG, o Palmeiras vai montar uma equipe de profissionais – raros no Brasil – para auditar o trabalho e defender seus interesses.

Cano
A presença de quatro ex-presidentes – Fernando Casal de Rey, Paulo Amaral, José Douglas Dallora e José Eduardo Mesquita Pimenta – foi o chamariz da oposição do São Paulo na divulgação do encontro que reuniu sócios e conselheiros no dia último 25. O quarteto, porém, não apareceu.

Adiado
Corinthians e Odebrecht adiaram novamente o prazo para pagar dos empréstimos-ponte tomados pela construtora para as obras da arena. O novo período agora estende-se até o final de outubro. O clube e a empresa estão confiantes que até lá, o acordo com a Caixa pelo financiamento do BNDES será concluído.

Sem descanso
Algumas escolas de São Paulo vão entrar na Justiça, para garantir que não terão de entrar de férias durante toda a Copa. A ação segue-se á decisão da Justiça do Distrito Federal em pleito similar feito por escolas da capital federal. Esse período de férias está previsto na Lei Geral da Copa.

Mudanças
Após o movimento dos jogadores contra o calendário de 2014, o vice da FPF, Reinanldo Carneiro Bastos,  disse que a entidade estuda alternativas para apresentar aos clubes, na reunião de outubro. Bastos não descartou a possibilidade de o Estadual ter início uma semana depois do sugerido pela CBF.

DE LETRA
“Agradeço pela atitude. Mas ela não teve nenhuma outra conotação, é só isso. Nada mudou. Sou candidato”
Carlos Augusto Barros e Silva vice do São Paulo, sobre ato de apoio feito pela oposição do clube.



MaisRecentes

No Dia do Professor, COB abre inscrições para curso de iniciação esportiva



Continue Lendo

Mau desempenho do time afeta Maurício Galiotte no comando do Palmeiras



Continue Lendo

Possibilidade de apoio de Euriquinho gera desconforto no grupo Sempre Vasco



Continue Lendo