Nuzman vai buscar 6 mandato em 2016



O presidente do COB, Carlos Arthur Nuzmann, vai ser candidato à reeleição em 2016. O cartola, que assumiu em 1995, concorrerá para um sexto mandato. O anúncio foi feito a alguns presidentes de confederação, no primeiro semestre. Sua última reeleição ocorreu em 5 de outubro passado. Nuzman, que surgiu no vôlei, é dirigente esportivo de forma quase ininterrupta desde 1973.

A imaginação no poder
Oposicionistas do Santos lançaram uma promoção. Os torcedores que enviarem e-mail com sete promessas não cumpridas do presidente licenciado Luís Álvaro Ribeiro concorrerão em sorteio a uma camisa oficial do clube e um rodízio numa churrascaria.

Padrão Gavião
Os arquitetos da Arena Corinthians e da Fifa estão em rota de colisão em razão de alterações que a Fifa exige para realizar a abertura da Copa. Camarotes, telões, arquibancada provisória estão entre os pontos de discórdia. O Corinthians recusa-se a arcar com qualquer custo extra.

Padrão Pantanal
A Arena Pantanal, ao contrário da Arena Corinthians, terá capacidade aumentada após a Copa. Dos 41 mil lugares do torneio da Fifa, a arenas passará a ter 44 mil. O motivo é o tamanho das áreas VIP e de imprensa exigidas pela Fifa. Por isso, a arena receberá lote de cadeiras em janeiro de 2015.

Compensação
O Palmeiras vai ceder à Prefeitura uma faixa de seu terreno na área social. A cessão integra a contrapartida exigida pela Prefeitura para compensar o impacto que o Aliianz Parque terá sobre o trânsito da região. A área cedida está no ponto oposto ao estádio. As obras para redemarcação do clube já começaram.

Incentivo
O Flamengo conseguiu aprovar mais três projetos junto à Lei Federal de Incentivo ao Esporte na semana passada. Com isso, o clube já tem R$ 35 milhões em projetos aprovados. Do total, R$ 8 milhões são de projetos pela lei estadual do Rio e o restante pela lei federal. A captação está mais adiantada no bloco menor.

Agenda cheia
O relatório da comissão da CBF sobre o Proforte deve sair apenas em outubro. Com o aumento das rodadas do Brasileirão, de jogos remarcados, a agenda para reuniões ficou inviabilizada. O próximo encontro dos sete representantes deve acontecer no fim deste mês.

A limpo
O Corinthians e o Audax, que tinham porcentagens do Paulinho, tiveram de assinar um termo que dizia que o jogador não tinha mais nada com ninguém. O receio do Tottenham é de que mais tarde fosse cobrado. Outros clubes brasileiros foram cobrados de forma semelhante pelos europeus.

Controle
A diretoria do São Paulo limitou ingressos para o show de Beyoncé do último domingo, no Morumbi. O candidato à presidência pela oposição, Kalil Rocha Abdalla, foi um dos que não recebeu o número desejado de entradas. Conselheiros de oposição e até alguns jogadores tiveram pedidos negados.

De Letra
“Se a gente não sabe quantas datas teremos, como vamos fazer um projeto de patrocínio?”
André Pitta, presidente da Federação Goiana de Futebol, sobre demora da CBF para anunciar o calendário de 2014.



MaisRecentes

Liberada a construção de prédios no terreno do clube Everest



Continue Lendo

Instabilidade política do Vasco garante Alberto Valentim no comando



Continue Lendo

Sem apoio político, Pedro Abad perde força no Fluminense



Continue Lendo