Palmeiras cria comissão de inquérito para Arnaldo Tirone



O Palmeiras vai criar uma comissão de inquérito para apurar as responsabilidade do ex-presidente Arnaldo Tirone (2011-13) e de seus quatro vice-presidentes nas contas de 2012, que foram reprovadas nesta segunda-feira à noite, sem nenhum voto contrário, pelo Conselho Deliberativo. Tirone e os vices Roberto Frizzo, Edvaldo Frasson, Mario Giannini e Walter Munhoz terão apurada seu papel no resultado financeiro de 2012.

A comissão ainda não foi nomeada. Ela sairá de uma reunião entre o presidente do Palmeiras, Paulo Nobre, do Conselho Deliberativo, Antonio Augusto Pompeu de Toledo, e do COF, Alberto Strufaldi, nos próximos dias.

Alguns conselheiros, no entanto, cobram que o mesmo procedimento seja aplicado em primeiro lugar ao ex-presidente Luiz Gonzaga Belluzo (2009-11) e seus vices Salvador Hugo Palaia, Clemente Pereira, Gilberto Cipullo e, novamente, Edvaldo Frasson. Belluzzo teve reprovadas as contas de 2010, também no último ano de sua gestão.

Em ambos os casos, o grupo que venceu a eleição se opunha ao presidente que estava saindo.

 



MaisRecentes

Placar das finanças: Corinthians batalha para fechar 2017 perto do ‘0 a 0’



Continue Lendo

Curso de treinador sem chancela de Conmebol e Fifa liga sinal de alerta



Continue Lendo

Nabil aposta em apoio de ‘notáveis’ na eleição do Santos



Continue Lendo