Juvenal escolhe Aidar para disputar sucessão no São Paulo



O presidente do São Paulo, Juvenal Juvêncio, escolheu o ex-presidente Carlos Miguel Aidar para ser o candidato da situação a presidente do clube na eleição de abril. Juvenal fez a escolha depois que dois outros pré-candidatos, Júlio Casares e Roberto Natel, desistiram da disputa em favor de Aidar. O único nome ainda oficialmente na disputa é o do vice-presidente Carlos Augusto “Leco” Barros e Silva, que era o favorito à indicação até um mês atrás.

Na semana passada, Juvenal anunciou que havia aberto mão de escolher o candidato e pediu que Aidar, Natel, Casares e Leco decidissem entre eles. Mas Aidar, dizendo que não havia pedido para ser candidato, recusou a negociação. O ex-presidente, o maior amigo de Juvenal entre os quatro, já sabia que era o preferido do presidente. O afastamento de Juvenal era, na verdade, uma forma de não ter de dizer a Leco, um fiel aliado de mais de 20 anos na política do clube, que ele não realizaria o sonho de ser presidente.

Mas em poucos dias ficou claro o que já estava decidido. Leco não reagiu oficialmente, mas não ficou contente com a situação. Agora Juvenal tentará nos próximos dias convencê-lo a não se separar do grupo – até porque, sem os votos do grupo liderado por Leco, a vitória de Aidar será bem mais difícil.

Carlos Miguel Aidar foi presidente do São Paulo de 1984 a 1988. Assumiu com 37 anos. Na época, seu diretor de Futebol (não havia o cargo de vice de Futebol) foi Juvenal Juvêncio. Em 1988, Juvêncio ganhou a eleição para presidente, mas governou por apenas um mandato. Em 1990, após uma administração muito impopular, perdeu a eleição para o Conselho e em seguida a reeleição para José Eduardo Mesquita Pimenta.

 

 

 



  • Soares

    Outro perdedor, entrou e perdeu o tri da libertadores.. nunca ganhou nada…
    Se ganhar e retrocesso…

  • JC

    Mania de dizer que diretor tal, ou presidente tal é perdedor. Esses caras jogam? Eles treinam? Quem ganha ou perde são os muito bem pagos, jogadores.
    A obrigação da diretoria é simplesmente administrar…e bem, senão…
    E não sou partidário de um ou de outro, mas irrita essa mania de rotular dirigente, como se ele ganhasse algo.
    Agora…Técnico ganha jogo e campeonato.
    E sem querer puxar o saco. Esse CARA, chamado MURICY RAMALHO entende do negócio, que adoramos, chamado futebol.
    Escreve aí…
    Claro que seria um absurdo e fanatismo louco em dizer que o Muricy pode levar o time lá pra cima. Mas pelo que conheço dele, de novo, VAI ESCREVER o nome DELE na história, como o CARA que tirou o SPFC da lama da SEGUNDONA e ainda classificou o time pra Sul Americana.
    Todas as minhs fichas JOGO na mesa…Quem cobre!!!
    QUEM VIVER, VERÁ!

    • Bruno Odorizi

      O que me irrita é essa maldita mania de pessoas deixarem opiniões e não se identificarem !! o que é JC ? tem medo de que ?

MaisRecentes

Diretor da Chape compara permanência na Série A a título da Champions League



Continue Lendo

Botafogo sai da lista de clubes formadores da CBF. Coritiba retorna



Continue Lendo

Entidades buscam nome para preencher vaga no Tribunal Antidopagem



Continue Lendo