Estatuto é bomba na eleição do São Paulo



Pré-candidatos a presidente do São Paulo consideram o estatuto um dos maiores entraves ao desenvolvimento do clube. Dizem também que o Conselho está envelhecido e refratário a ideias modernas. Mas, temendo reação dos conselheiros, que elegerão o próximo presidente, ninguém assume essa posição. Apenas prometem mexer no estatuto tão logo vençam a disputa.

Pela culatra
Os autores da CPMI da Copa optaram por esse formato para evitar a longa fila de CPIs na Câmara. Mas pelo fato de a CPMI precisar de apoio de senadores, a medida pode encalhar. Houve recuos e só 24 senadores mantêm a firma. O mínimo para o protocolo é 27.

Solução limite
Foi o secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, quem sugeriu que o Atlético-PR desistisse de construir a cobertura da Arena da Baixada para a Copa do Mundo. Membros da organização da Copa dizem que a empresa contratada pelo Atlético não mostrou capacidade para fazer o teto a tempo.

Cobrança
O Flamengo cobra na Justiça duas empresas que usaram as dependências do clube. Uma alugou o campo da Gávea, e a outra, a sede náutica do remo para realizar festas de final de ano em 2012, ainda na gestão de Patricia Amorim. Os pagamentos, um total de quase R$ 80 mil, foram feitos com cheques, mas eles não tinham fundo.

Guerra do apito
O presidente da comissão de arbitragem da Ferj, Jorge Rabello, enviou mensagem a árbitros com fortes críticas contra a Anaf, associação nacional. O texto critica a falta de ação da Anaf no projeto de profissionalização da categoria e de falta de transparência nas receitas com publicidade.

Controle remoto
Um ex-funcionário da CBF diz que Ricardo Teixeira está por trás do bloqueio dos R$ 33 milhões da entidade na liquidação do Banco Rural. Teixeira, que sacou suas aplicações no banco, teria pedido ao financeiro da CBF para atrasar os saques. Aliado do ex-presidente nega a afirmação.

Dissidências
Conselheiros da oposição do São Paulo já esperam a saída de pelo menos mais um membro da diretoria para hoje, ou no máximo até o fim desta semana. Ja saíram o ex-vice Ricardo Haddad, e os ex-diretores Dorival Decoussau e Kalil Rocha Abdalla. O próximo a sair deve ser o secretário-geral Affonso Renato Meira.

Política
Após convidar a vice-prefeita de São Paulo, Nádia Campeão, o Palmeiras chamará também o secretário-geral da Presidência, Gilberto Carvalho, e o presidente do PT, Rui Falcão, para integrar a comissão de notáveis para o centenário. O Ministro do Esporte, Aldo Rebelo, também é cogitado.

Adeus, Romário
A Comissão de Desporto e Turismo da Câmara deve eleger hoje o deputado Valadares Filho (PSB-SE) para seu presidente. Romário perdeu o cargo ao deixar o PSB. Sua saída foi motivada pela falta de apoio do partido ao seu pedido de CPI da CBF. O deputado deve anunciar nesta semana para qual partido irá.

DE LETRA
“Para quem quer começar na profissão, digo que, se não tem experiência de vestiário, precisa se preparar em dobro”
Dorival Júnior técnico do Vasco, sobre novos técnicos



  • Junior

    Romario tinha que se candidatar a Governador…teria meu voto..

MaisRecentes

Diretor da Chape compara permanência na Série A a título da Champions League



Continue Lendo

Botafogo sai da lista de clubes formadores da CBF. Coritiba retorna



Continue Lendo

Entidades buscam nome para preencher vaga no Tribunal Antidopagem



Continue Lendo