Pela 1ª vez, Juvenal ouve ‘nãos’ no SP



O presidente do São Paulo, Juvenal Juvêncio, enfrenta resistência inesperada para obter assinaturas de conselheiros vitalícios para formar sua chapa nas eleições de abril. Cada chapa precisa de 55 vitalícios, entre cerca de 155. Alguns disseram que preferem esperar a definição do candidato à presidência e da situação do time no Brasileiro e só declarar apoio em dezembro.

Bomba-relógio
Conselheiros do Vasco preveem que o clube voltará a ficar apertado no fim do ano. Calculam que os novos recursos, incluindo os R$ 15 milhões da Caixa só servirão para cobrir os salários até setembro. Depois, o Vasco poderia enfrentar novo período de atrasos.

Barômetro
O clima no São Paulo, ao menos por ora, não é de pessimismo em relação à intenção da Semp Toshiba de abreviar o contrato de patrocínio. Mas a posição no clube é que o caso está mais na mão do departamento jurídico do que de Marketing. O clube não está disposto a negociar, até por causa do momento do mercado.

Acerto
O tesoureiro Ariberto Pereira dos Santos, que na semana passada foi sacado de suas funções na CBF pelo vice-presidente Marco Polo Del Nero, foi deslocado para o Departamento de Seleções. Já o ex-diretor financeiro Antônio Osório ganhou licença e está cuidando das obras de sua casa em Búzios, no litoral do Estado do Rio.

Mapeamento
O comitê médico da FPF está finalizando um software para estudar lesões dos atletas durante o segundo turno do Brasileirão. Com a ajuda de clubes paulistas, a entidade tenta descobrir se calendário, sol e viagens influenciam na saúde dos atletas.

Atrás do dinheiro
O diretor de Marketing do Palmeiras, Paulo Gregoraci, viaja nesta semana para Betim, na Grande BH, onde fica a sede da Fiat. O homem forte do marketing palmeirense negocia com a montadora o patrocínio master. Ao COF, o presidente Paulo Nobre disse estar otimista em ter receita de patrocínio já em setembro.

Volta à ativa
O Bayern de Munique estuda permitir que Breno, além de trabalhar no clube, dispute jogos pelo equipe B. Não haveria conflito com o vínculo com o São Paulo, pois a liga disputada não é profissional. O zagueiro pode ser liberado pelo Bayern na próxima semana, e terá cargo não remunerado na comissão técnica.

Certificado
O ex-treinador do recém-formado time de de vôlei do Jacareí Robson Guerreiro não tem o registro de técnico exigido pela CBV. Ele, que foi demitido na semana passada, é acusado pelas atletas e pelo diretor do clubes de fazer falsas promessas sobre patrocinadores.

Esfriando o clima

O presidente do Fluminense, Peter Siemsen, de novo pressionado por maus resultados, evita falar de eleição. Diz que seu foco é renegociar a dívida com a Receita Federal. A eleição ocorre no fim de novembro e Siemsen é considerado o favorito, mas tenta evitar que Celso Barros, da Unimed, apoie outro nome.

DE LETRA
“O São Paulo é um avião que está sendo consertado em pleno voo”
Julio Casares vice-presidente de Marketing e possível candidato a presidente pela situação



MaisRecentes

Oposição se enfurece com Bandeira de Mello e pode pedir a sua exclusão do Flamengo



Continue Lendo

Luiz Felipe Scolari pode ter contrato estendido até 2022 e depois virar manager



Continue Lendo

CBF deve se reunir com clubes para falar de manifestações políticas



Continue Lendo