CBF faz mudanças na diretoria



O presidente da CBF, José Maria Marin, afastou na última quarta-feira o diretor financeiro, Antonio Osório, e o tesoureiro, Ariberto Pereira do Santos Filho. Ambos foram deslocados para outros departamentos.

A mudança teve como mentor Marco Polo Del Nero, um dos vices da CBF e braço-direito de Marin. De acordo com cartolas, Del Nero é quem de fato comanda operacionalmente a entidade. Ele também é o nome defendido por Marin para as próximas eleições para presidente da CBF, em 2014.

A maior surpresa entre os membros da entidade é porque Osório é um dos poucos remanescentes da era Teixeira que aparentemente tinha a confiança da dupla Marin e Del Nero.  Até pouco tempo atrás, era tido como um nome garantido para a próxima diretoria, caso Del Nero vença as eleições.

A mudança na diretoria foi assunto durante toda a quarta-feira entre funcionários da entidade, na sede, na Barra da Tijuca, no Rio. Vários supostos motivos foram levantados, de cunho tanto técnico, quanto político. A coluna não conseguiu confirmar as informações até a publicação desta nota.

A assessoria da CBF confirmou a mudança no meio da tarde desta quinta-feira, mas se limitou a dizer que a decisão foi tomada por motivos internos, mas descartou que Del Nero ocupe a pasta. O chefe da assessoria de imprensa, Rodrigo Paiva, afirmou que é comum haver remanejamentos dentro da direção. Osório está na diretoria desde 1994, quando substituiu José Carlos Salim na função.

 

 

 



MaisRecentes

Governo admite que errou em MP que retira recursos do esporte



Continue Lendo

Sem resposta de Zé Ricardo, Milton Mendes entra no radar do Botafogo



Continue Lendo

Novo diretor de futebol do Fluminense, Paulo Angioni tem três nomes para lugar de Abel Braga



Continue Lendo