Odebretch já colocou R$ 500 mi em Arena



Colaborou Marcelo Resende

A Odebretch já repassou à Arena Corinthians quase R$ 500 milhões, entre garantias corporativas, investimento próprio e empréstimos-ponte. Por isso, mesmo sem a liberação do financiamento do BNDES, as obras não pararam em março, como havia sido prometido pelo ex-presidente do Corinthians Andrés Sanchez. Além disso, parte das CIDs já tem comprador.

Lobby
Conselheiros do Santos já tentam convencer a diretoria a aumentar o salário do treinador Claudinei Oliveira. Claudinei tem prestígio tanto com membros da situação quanto da oposição, que o veem praticamente efetivado no cargo, mesmo sem oficialização.

Relacionamento
O Corinthians deve assinar até segunda-feira novo contrato com a TIM, após mudança no relacionamento bilateral. A diretoria do clube busca da empresa mais ações de ativação com benefícios aos torcedores. Isso deve entrar no novo acordo, que deve durar menos que os três anos do atual.

Estádio a jato
Dado oficial do governo do RN aponta que no último mês a construção da Arena das Dunas, de Natal, avançou 7%, para 78%. Nesse ritmo seria possível erguer um estádio em menos de 15 meses. O estádio mais atrasado é o de Manaus, que não passa de 62%, a seis meses do fim do prazo.

Desmatamento
Com o gramado com áreas desgastadas e cobertas com areia, o Mané Garrincha deve receber ainda mais shows e jogos. A Secopa do DF afirma que o campo está recebendo “todos os cuidados necessários” e que a empresa contratada dá “atenção permanente”. Pacotes de jogos com outros clube estão sendo negociados.

Subindo o tom
Processado pela Sky por acusar o presidente da empresa, Luis Eduardo “Bap” Baptista, de conflito de interesse por acumular também o Marketing do Flamengo, o conselheiro Leonardo Ribeiro contra-atacou. Enviou a Bruce Churchill, chefe de Bap na DirecTV, controladora da Sky, cópia da carta entregue aos poderes do clube e que motivou a ação.

Outro lado
O grupo Fanfulla, do Palmeiras, diz que a contratação do gerente financeiro Luciano Paciello não teve influência política. Diz que Luciano passou por processo seletivo e foi contratado quando Marcelo, seu irmão não tinha assumido a liderança do grupo.

Errata
Diferentemente do que publicou esta coluna, o evento em que jogadores do Vasco comentaram atrasos de salários não foi o aniversário de Abuda, mas o de sua mulher. A festa ocorreu na última segunda-feira. O Vasco perdeu cinco jogadores desde dezembro, em ações por falta de pagamento.

Sem garantias
Ao contrário do que fez Paulo Autuori, Dorival Júnior não fez nenhuma exigência sobre pagamento dos salários atrasados dos jogadores ao acertar com o Vasco, segundo o diretor Ricardo Gomes. Seu antecessor havia pedido garantias de que a questão fosse resolvida, e deixou o clube pelo descumprimento.

DE LETRA
“Para mim, o estádio já está pronto. Já joguei em gramados piores”
André Luis de Oliveira, conselheiro do Corinthians, sobre o gramado de Itaquera, recém-plantado.



MaisRecentes

Pedro Abad pode deixar o comando do Fluminense ainda em 2018



Continue Lendo

Contratação de Felipe Melo pelo Flamengo faz parte de ‘presente de Natal’ pedido por Abel Braga



Continue Lendo

Após confirmação de Valentim em 2019, goleiro Martín Silva deve sair do Vasco



Continue Lendo