Blatter terá dia de cão no domingo



MARATONA Presidente da Fifa terá de percorrer mais de 3 mil km no dia da final para entregar medalhas na Fonte Nova e comandar a final no Maracanã, no Rio

Um lapso da Fifa na concepção da atual edição da Copa das Confederações vai transformar a final num fracasso de audiência na TV e o domingo do presidente da entidade, Joseph Blatter, num dia de cão.

Desde 2005, a Fifa coloca os dois jogos finais da competição no mesmo dia – até 2001 a disputa de terceiro lugar sempre ocorria no sábado. Um dos motivos foi dar mais um dia de descanso para os times que disputam a segunda semifinal. Esse modelo foi adotado quando a competição passou de 12 para 15 dias de duração, começando e terminando num domingo.

Mas desta vez os técnicos não contaram com a distância entre Salvador e o Rio de Janeiro.

Com a decisão do terceiro lugar terminando às 15h (20h pelo horário da Europa central) e a final começando às 19h (meia-noite), Blatter terá que enfrentar uma espécie de maratona.

De manhã cedo, Blatter voará do Rio para Salvador para assistir à disputa do terceiro lugar, entre Uruguai e Itália. Assim que entregar as medalhas para o vencedor dessa partida, deixará a Fonte Nova às pressas e pegará um helicóptero – que já o estará esperando ao lado da Fonte Nova – para o Aeroporto Deputado Luis Eduardo Magalhães, em Salvador. De lá um jatinho o levará até o Rio de Janeiro, em cerca de duas horas de voo. O local do pouso é mantido em sigilo, mas deve ser no Aeroporto Santos Dumont, no centro da cidade.

Dependendo das condições do trânsito, o presidente da Fifa se deslocará de batedor ou novamente de helicóptero até o Maracanã. Sua chegada é prevista para o intervalo entre 18h e 18h20. Mal terá tempo de cumprimentar os convidados, entre eles a presidente Dilma Rousseff, e logo terá que aparecer diante das câmeras de televisão.

Blatter ainda poderá desistir de ir a Salvador, mas seria um vexame.

Será um vexame maior se não chegar a tempo para a final, o que pode acontecer se chover no Rio de Janeiro ou em Salvador. A previsão é de chuva à noite na capital baiana e dia inteiro chuvoso no Rio, com possibilidade de aumentar à noite.

Manifestações

Outro ponto que não foi levado em conta pelos organizadores da Copa das Confederações – e nem era possível – são as manifestações que vêm acontecendo pelo país. Se houver bloqueios nas vias que ligam o aeroporto ao estádio, Blatter deverá usar o helicóptero. A viagem é mais curta, mas ele terá de pegar um carro do heliponto até o elevador para a tribuna dos “Very VIPs”, que é como ele mesmo se qualifica.

Final deve ter baixa audiência na Europa

O jogo da Copa das Confederações mais visto no mundo ocorreu provavelmente ontem, entre Espanha e Itália. A estimativa era de 80 milhões de pessoas nos nove maiores mercados do futebol do planeta, excluindo o Brasil.

Marcado para as 21h no horário da Europa Central (da Espanha até a República Tcheca), o jogo foi exibido em horário nobre para essa região do globo. Nos Estados Unidos, a partida foi vista a partir das 12h, dependo da região.

A final da Copa das Confederações entre Brasil e Espanha, ao contrário, vai ser disputada a partir da meia-noite no horário europeu (15h na costa Oeste americana, 18h na costa Leste e 8h no Japão).

Como o maior público do futebol está na Europa, a audiência da final foi estimada por especialistas contratados pela Fifa em cerca de 50 milhões de pessoas – novamente sem contar os espectadores que vivem no Brasil.

Apesar disso, esta é a Copa das Confederações com maior audiência da história.

Metrô do Rio erra horário da final

Cartazes do metrô do Rio informam errado o horário da final da Copa das Confederações, que acontecerá neste domingo.

Os anúncios, que orientam os usuário a evitar o sistema perto e durante o horário dos jogos, informam que haverá três partidas na cidade: México x Itália, Espanha x Taiti e a final. Mas colocam as três partidas às 16h, o que é correto só para as duas primeiras. Os cartazes nos vagões foram corrigidos nos primeiros dias com adesivos – que em muitos casos caíram. A maioria dos que foram colocados nas estações seguiam errados até ontem.



  • TOLINTHIAS CALDENSE

    ATENÇÃO GENTE ! O SINDICATO DOS JUIZES ESTAO QUERENDO FAZER UMA MANIFESTAÇÃO PUBLICA PELO ATRASO DAS PROPINAS DO TIMAO E REIVINDICAÇAO DO VALE-APITO AMIGO.

MaisRecentes

Globo vê obstáculos na ‘pressa’ da CBF para implantar árbitro de vídeo



Continue Lendo

Procurador do STJD não vê brecha para futura reclamação por causa do árbitro de vídeo



Continue Lendo

Eurico exalta árbitro de vídeo no Brasileiro: ‘Antes tarde do que nunca’



Continue Lendo