Conselho Fiscal do Fla muda estratégia



O almirante Olavo Amorim mudou o rumo do Conselho Fiscal ao determinar a abertura dos contratos do clube aos conselheiros. Amorim é vice-presidente do Conselho Fiscal, mas presidiu a reunião de anteontem porque o presidente faltou. Sua posição revela racha no grupo de situação em relação à revelação de documentos a membros da oposição.

Marasmo
A saída do vice administrativo Ricardo Haddad não deve mudar o cenário do São Paulo. Um outro vice diz que seus colegas ficam à espera das decisões de Juvenal Juvêncio. Quando ele não as toma, ninguém tem coragem de cobrar. Quando toma, não divergem.

Além do esperado
A promotoria da cidadania está encantada com as repostas dadas pela WTorre na construção do Allianz Parque. Segundo um promotor, a construtora colocou mais lugares e mais vagas na garagem do que o pedido para atender os portadores de deficiência. A inauguração está prevista para abril do ano que vem.

Meia solução
O COF analisa hoje a minuta da previsão orçamentária do Palmeiras para 2013, mas não há nenhuma garantia de que o documento será fechado no encontro. A falta de fontes de receita continua, e o orçamento apresentado é considerado incompleto pelos próprios executores.

Negociação
Com o veto à realização de um jogo do Brasileiro na China, a Portuguesa tentará negociar com o São Paulo um amistoso no país asiático. O objetivo é angariar receitas, além de expor a marca internacionalmente. O jogo pode acontecer mesmo sem a presença dos times titulares.

Verbalizando
Vários conselheiros, de diferentes grupos políticos do Palmeiras, ouviram em encontros com o presidente Paulo Nobre sobre os empréstimos que pegou, e repassou ao clube. A justificativa é a de que o presidente consegue melhores condições para pagar de volta as quantias, já que o clube atravessa uma situação financeira difícil.

Pero no mucho
Voluntários que seguravam um placa de “posso ajudar”, ontem no Mineirão, foram alvo de piadas entre grupos de torcedores. Eles procuravam os portões E e F, mas nenhum dos selecionados pela Fifa soube ajudar. Eles só conseguiram encontrar o destino desejado cerca de 35 minutos depois.

Processo
A DIS entrou com uma ação de execução contra o Santos, para receber os 40% a que tem direito na venda de Neymar. A empresa baseou a ação na versão do Santos, que diz ter recebido 17 milhões de euros pelo atacante, mas o juiz determinou que a empresa traduza os contratos para o português.

Quitação
O Santos vai usar parte do dinheiro da venda de Neymar para antecipar a quitação da dívida com o ex-presidente Marcelo Teixeira. A dívida que o próprio MT contraiu quando mandava no clube será paga até dezembro de 2014, fim do mandato de Luis Alvaro Ribeiro. O valor original era de R$ 15 milhões.

DE LETRA
“Gostei muito do jogo, mas preciso ir embora”
José Maria Marin, na saída do estádio do Mineirão, evitando a imprensa.



  • Mais uma contradição na administração laor, primeiro diz não reconhecer a divida(MT), depois parcela, e agora antecipa os pagamento, e o SANTÃO continua a ver navios.

  • ESTRELADOMAR

    não devia pagar essa divida pois o MT foi quem fez a divida
    e não se sabe onde ele botou a grana,
    e vendeu parte de todos os jogadores da base na época
    pra empresários sem contar que vendeu pelo menos dois
    times em sua gestão e onde esta a grana
    pior de tudo ainda tem torcedor pedindo sua volta
    isso não da pra enteder não fosse a formação de jogadores pela base o SANTOS ja tinha fexado faz tempo
    isso os torcedores não vê

  • URUBU MALANDRO

    NADA VAI ALTERAR O QUE VEM SENDO FEITO, ELES QUEREM É APARECER UM POUCO, POIS NÃO TEM O QUE FAZER, DEVERIAM ESTAR COBRANDO OS ROMBOS DA PATRICINHA.

MaisRecentes

Nuzman está inclinado a se explicar na Câmara sobre escândalo



Continue Lendo

CBV visita cidade que pode receber seleções de vôlei nos Jogos de 2020



Continue Lendo

Botafogo deixa a Libertadores com R$ 13,4 milhões pela participação



Continue Lendo