Fla coloca Leo Moura na corda-bamba



O lateral-direito Léo Moura pode ser o próximo jogador do Flamengo a ter o contrato rescindido. Léo Moura foi avisado pela diretoria de que não poderá cometer nenhum deslize com o técnico Mano Menezes ou seguirá o mesmo caminho de Renato Abreu. O lateral, tido como um dos responsáveis pelo desgaste sofrido pelo ex-técnico Jorginho, segue entre os titulares.

Dia do Leão
Uma campanha de doação de órgãos em PE rendeu ao Sport seis prêmios no Festival de Publicidade de Cannes, incluindo um Grande Prêmio, apenas o sexto da história do Brasil. A campanha de doação de sangue do Vitória rendeu dois prêmios. O festival vai até 22.

Calote
Uma empresa entrou com ação na Justiça cobrando pagamento pela instalação de 6.656 cadeiras plásticas no anel inferior do Morumbi em 2008 e 2009. A ação é movida contra a Outplan, parceira do São Paulo. O juiz pediu ao clube que confirme as obras, e se repassou dinheiro ao parceiro.

Sem saída
Em reunião extraordinária do COF, anteontem, a comissão de membros desse conselho do Palmeiras disse que não consegue elaborar um orçamento por falta de receitas. Enquanto isso, diz, as despesas crescem. A contratação de Mendieta foi considerada um golpe duro nos cofres.

Na cesta
A Meltex, empresa que explora redes de lojas oficiais de vários clubes brasileiros, vai patrocinar o time de basquete do Palmeiras e poderá comprar os naming rights do novo ginásio poliesportivo. O basquete é um dos poucos esportes olímpicos que o Palmeiras mantém ativo durante a crise financeira que o clube vive.

Adiado
Na reunião semanal de ontem, a diretoria do BNDES adiou a decisão sobre o empréstimo à Arena Corinthians. O adiamento não implica tendência pela rejeição, mas que ainda faltam mais estudos. A decisão poderá sair até antes da próxima reunião, no dia 25. O empréstimo é de R$ 400 mi.

Só vermelho
A Ferj, em pé de guerra com o Fluminense, lança nota hoje afirmando que a culpa pelo prejuízo na bilheteria dos jogos do clube do Estadual é do próprio Flu. Para provar, exibirá que todos os jogos do Tricolor no Brasileiro – três em casa e dois fora – também fecharam o borderô no vermelho.

Números
Os R$ 27,4 milhões/ano que a Caixa paga ao Comitê Paralímpico Brasileiro beneficiam 13 confederações (R$ 300 mil a R$ 2 milhões), nove guias (R$ 2,3 mil/mês em média) e 35 atletas (R$ 5,6 mil/mês e teto de R$ 14 mil/mês) . A ativação do patrocínio consome R$ 2 milhões e a gestão, R$ 3 milhões.

Bandeira
O presidente da Federação de SC, Delfim Peixoto, um dos mais próximos de José Maria Marin e Marco Polo Del Nero, carrega a bandeira da chapa única nas eleições da CBF. Com o discurso da unidade, tenta inviabilizar uma chapa de oposição, que tem Andrés Sánchez como nome mais provável.

DE LETRA
“Quais reclamações? O que houve? Que tiveram que andar 500 metros em uma estrada de terra? Sinceramente…”
Aldo Rebelo, ministro do Esporte, sobre as queixas da delegação do Uruguai.



MaisRecentes

CBF mantém rodada do Brasileirão, mas Anac vê risco de aviões não decolarem



Continue Lendo

Boca Juniors publica nota oficial sobre episódio da ‘mala branca’ para o Palmeiras



Continue Lendo

Jogadores do Palmeiras receberam ‘mala branca’ do Boca Juniors para vencer na Libertadores



Continue Lendo