Secretário do Futebol afirma que projeto das dívidas é só para clubes



Da enviada especial a Brasília.

O secretário Nacional do Futebol do Ministério do Esporte, Antônio Nascimento, afirmou nesta quarta-feira que a versão do governo do anteprojeto do Proforte, que será enviado na semana que vem à Secretaria da Fazenda, não contempla a CBF e as federações estaduais, somente os clubes. Nascimento ressaltou que o processo é democrático, e que todos os envolvidos podem emitir suas opiniões, mas o principal problema em envolver as entidades está nas contrapartidas exigidas:

– No projeto do Ministério do Esporte, confederações e federações não entram.  A gente não acha legal. O grande problema fica nas contrapartidas. Você imagina a CBF abrindo uma escolinha de natação? – questionou.

Parte importante do projeto, que visa reestruturar as dívidas dos clubes, prevê que os abatimentos virão a partir de projetos sociais, abertura dos clubes para as comunidades e esportes olímpicos.  A minuta do documento será enviada na próxima segunda-feira para a Secretaria da Fazenda, onde passará por análise e será devolvida ao Ministério,  que definirá se será uma medida provisória.

Na manhã desta quarta-feira, o secretário Nacional do Futebol tinha ficado surpreso com inclusão da CBF e federações no Proforte, durante a apresentação do anteprojeto no Seminário de Gestão Financeira e Formação de Atletas no Clube de Futebol, organizado na Comissão de Turismo e Desporto da câmara.

Embora o projeto tenha sido discutido com Vicente Candido, vice-presidente da Federação Paulista de Futebol e deputado federal (PT-SP), a inclusão das entidades nunca tinha sido colocada em pauta. Candido posicionou-se a favor da medida:

– Acho que é um processo democrático, está em primeira fase, tem muito o que discutir ainda. Acho a importante a inclusão de confederações e federações, tanto as que tem dívidas como as que não tem, para que possam se planejar financeiramente e também utilizar o fundo, incentivando o esporte olímpico – afirmou.

A FPF teve um resultado positivo de R$ 548 mil em 2012.



  • Por favor, alguém saberia informar se o projeto contemplará apenas os clubes que tenham times de futebol, ou será para todos os clubes esportivos do Brasil?

    • Ózi

      Ótima pergunta!!

  • Marcio Santos

    Boa noite,
    Por favor, saberiam me informar se o Proforte é para todos os clubes de futebol do País, incluíndo os “ditos” pequenos, como Bangu, América,etc?
    Atenciosamente,
    Marcio Santos

  • Pablo

    Se deve tem que pagar! Se os clubes não pagarem quem vai pagar somos nós trabalhadores.

  • everaldo bezerra

    nao concordo, porq

  • everaldo bezerra

    NAO CONCORDO PORQUE TEM TIME QUE ESTÃO FALANDO QUE ESTA FATURANDO MUITO COMPRANDO, JOGADORES EM EUROS, E AGORA QUE VAI PAGAR O ROUBO DE DUALIB, SANCHES, BRAGAS ETC, E A POPULAÇÃO DO BRASIL QUE TRABALHA E GANHA ENTRE 650,00 A 1750,00 SIM SENHORES E 90% DOS TRABALHADORES GANHA ISTO,,,, E AGORA VEM ESSE GOVERNO DA COPA ” ESTADIO DOS TRAVECOS” NOS PEGAR MAIS DINHEIRO, QUE O NOSSO SUPREMO SR BARBASO VAMOS LA POR FAVOR, FALE ALGO,,,, OU VAI FICA QUIETO COM O OS DEMAIS 503, DEP 83 SENADORES MAMANDO NO SUOR DOS TRABALHADORES

  • FABIO COELHO

    Acho estranho que so agora esse projeto esteja tão evidente, ja que depois de uma auditoria interna no Flamengo constatou uma divida impagável, será que mais uma vez vão premiar a falta de responsabilidade de um clube que não tem a minima organização?
    ESSE É O BRASIL!!

    • Nilo Mendes dos Santos

      Fábio Coelho,onde vc leu ou quem te falou que a dívida do Flamengo(DO FLAMENGO.Não dos brasileiros),é impagável???Prá seu governo,a metade ou um pouco mais que a metade,já está sendo pago e não é com dinheiro do povo,como estão fazendo com o Corinthians!E se cada presidente de clubes do Brasil fizer uma auditoria legal e terem a honestidade de divulgar a verdade,muita sujeira vai sair de debaixo dos tapetes…

  • CARLOS ALBERTO E. CAUPER

    MUITO BOM, DESDE QUE SEJA DE UMA FORMA JUSTA E HONESTA, E NÃO TERMINE EM SAMBA.

  • URUBU_BOLADO

    Simples assim: o clube sonega e quem paga é o povo. Não seria melhor eles anistiarem os impostos das pessoas que são sócio-torcedores dos seus respectivos clubes? Daí sobraria dinheiro pra gente comprar ingresso pra assistir todos os jogos, comprar camisas do clube, entre outros.. o que traria receita para os clubes da mesma forma.. se o governo quizer ajudar o futebol, comecem pela peça mais importante: o torcedor, pois sem este nada mais existe. #futeboledopovo SRN!

  • ENQUANTO ISSO, NA SURDINA O PT VAI BOTANTO NO C….DO POVO SEM VASELINA…..A C B F TEM MUITO DINHEIRO,BASTA VER QUE SEU ANTIGO PRESIDENTE FOI MORAR NO ESTADOS UNIDOS NUMA MANSÃO,É ÁS FEDERAÇÕES TAMBÉM TEM POIS SEUS PRESIDENTES FICAM ANOS E ANOS NO CARGO SÓ ROUBANDO,QUANTO AOS CLUBES SUGIRO QUE TODO SE FAÇA UMA AUDITORIA NESSE DINHEIRO PARA VER SE ESTÁ SENDO APLICADO DE FORMA CORRETA,OU SE ALGUM DIRIGENTE ESTÁ LEVANDO PRA CASA.

MaisRecentes

Ana Paula Oliveira vê árbitro de vídeo como ajuda e confia em bom treinamento



Continue Lendo

Nuzman está inclinado a se explicar na Câmara sobre escândalo



Continue Lendo

CBV visita cidade que pode receber seleções de vôlei nos Jogos de 2020



Continue Lendo