CPI da Câmara pode intimar Marin



A CPI de Tráfico de Pessoas, da Câmara dos Deputados, pode virar palco para ataques a José Maria Marin na CBF. O motivo oficial do convite é cobrar da CBF ações para evitar para evitar o tráfico por meio de olheiros e clubes, mas deputados podem levantar outros assuntos. Ontem ele recusou convite para ver Nicolaz Leoz no Paraguai. Se não responder em 15 dias, pode ser convocado.

Vitrine
O São Paulo contratou 40 funcionários para o Morumbi, e colocou equipes para limpar e fotografar os banheiros das numeradas, reformados, antes, durante e depois dos jogo. A diretoria quer mostrar que, mesmo sem a Copa, oferecerá serviço “de primeiro mundo”.

“Trem” esvaziado
Outra vez, a Globo está convidando os presidentes dos clubes grandes do Brasil para assistir à final da Liga dos Campeões. No ano passado, o evento serviu para aparar as arestas da prorrogação do contrato do Brasileiro. Mas neste, alguns, como Peter Siemsen, do Flu, recusaram.

Olho na Copa
Diretores do Flamengo e da Brahma se debateram ontem como será a ajuda da empresa às obras do CT do clube. Uma das ideias é fazer a urbanização. Dos CTs dos grandes do Rio, o do Flamengo é o único iniciado e portanto com chance de abrigar uma seleção para a Copa do Mundo de 2014.

Sem evolução
O Grupo Superar, do Rio, analisou o cenário econômico do esporte olímpico nacional e verificou que, três anos antes dos Jogos do Rio, só três empresas privadas – Bradesco, HSBC e Sadia – são patrocinadores masters de confederações. E destas, só quatro tem patrocinadores privados, sendo duas as de rúgbi e golfe.

Apito caro
A FPF afirma que investimentos na ampliação de testes, olheiros para avaliar os árbitros e reajustes nas taxas pagas são responsáveis pela triplicação dos gastos com arbitragem, de 2011 para 2012. Apesar de redução no quadro, os gastos pularam de R$ 1 milhão para R$ 3,4 milhões.

Desencontro
Um encontro entre o presidentes de Flamengo e Caixa não vai acontecer nesta quarta-feira. Os dois eram esperados para participar de um mesmo evento, em Brasília. No entanto, Jorge Hereda, presidente do banco, já avisou que não poderá comparecer. O clube da Gávea negocia com a Caixa patrocínio para a camisa.

Golden Goal
A Golden Goal negocia com outros clubes brasileiros para gerenciar seus programas de sócios-torcedores. Até agora, a empresa está apenas no Flamengo, onde começou em 2007. O plano é que, como no Fla, os programas vão além da venda de ingressos e sejam usados em relacionamentos.

Terceira Via
O presidente do São Paulo, Juvenal Juvêncio, está tão descontente com os dois virtuais candidatos a presidente da CBF – Andrés Sanchez e Marco Polo Del Nero – que aliados não descartam que ele entre na disputa – seu mandato termina em cima da eleição. O cartola jamais tocou no assunto com eles.

DE LETRA
“Quem quer ser ídolo precisa ter responsabilidade pelas palavras e exemplo que dá. É esse o recado que quero passar”

Efraim Filho, deputado federal sobre as acusações de preconceito de jogadores do Flamengo-PI a Neymar.



MaisRecentes

Após confirmação de Valentim em 2019, goleiro Martín Silva deve sair do Vasco



Continue Lendo

Arena da Baixada recebe evento com forças da segurança pública do Paraná



Continue Lendo

Justiça determina que eleição no Volta Redonda tenha urna para sócios ‘sub judice’



Continue Lendo