Patrocinador assiste à assembleia da CBF



Um representante da Chevrolet, que patrocina 21 Estaduais, mas não competições da CBF, assistiu à assembleia da CBF, ontem no Rio. Em teoria, a assembleia é fechada e só participam presidentes das federações e a cúpula da CBF. O representante da empresa, que tem fortes laços com a Federação Paulista e acompanhou a aprovação das contas, distribuiu brindes, prometeu um carro para cada federação patrocinada e participou dos jantares que antecederam e sucederam à reunião. O próprio representante confirma que esteve na reunião, enquanto a CBF nega.

Fantasma
Diferentemente do que a CBF divulgou, seu balanço de contas não foi aprovado por todas as federações. O mineiro Paulo Schettino estava doente e não enviou representante. “Ninguém me ligou, não faço ideia do balanço e não aprovei nada.” A assessoria da CBF insiste que houve voto mineiro, mas oculta o votante.

Recolocação
Fernando Sihman, marido da ex-presidente do Flamengo Patrícia Amorim, foi contratado como chefe de gabinete da Suderj, autarquia do estado do Rio que cuida do Maracanã e outras praças esportivas. Seu salário é de R$ 11 mil. Patricia Amorim é ex-vereadora do Rio pelo PMDB, partido do governador Sérgio Cabral.

Viajando
O Ministério do Esporte está viajando pelo país para colher dos presidentes de clubes informações sobre as situações financeiras e ouvir opiniões sobre a nova medida para diminuir a dívida com a União. Ontem, o secretário Nacional de Futebol, Antônio Nascimento, se reuniu com Mario Gobbi (Corinthians) e Juvenal Juvêncio (São Paulo).

Caso Leomar
O auditor do STJD Miguel Cançado entregará amanhã o relatório sobre o caso da suposta confissão do presidente do Sport, Luciano Bivar, de que teria pago propina pela convocação de Leomar em 2000. Como Bivar recuou, Cançado arquivará o caso ou processará o dirigente. O técnico Emerson Leão disse que processará Bivar.

Desistência
Cartolas do Corinthians dizem que a Itaipava desistiu de adquirir os naming rights da arena de Itaquera. Além do valor pedido, também pesou na decisão a dificuldade que a empresa enfrenta em fazer mídia e torcedores baianos associarem sua marca à Fonte Nova. Teme que isso se repita com o vulgo “Itaquerão”.

No colchão
A Caixa tem cerca de R$ 60 milhões para investir no futebol em 2013. O orçamento do banco reserva R$ 100 milhões no ano para patrocínios no fut. O Marketing do banco negociou com mais de dez clubes nos últimos seis meses, mas o processo na Justiça federal do RS suspendendo o contrato com o Corinthians parou tudo.

Outro lado
A empresa Greenleaf, que atende aos seis estádios da Copa das Confederações, nega que o gramado de Brasília necessitará ser trocado para a Copa do Mundo. Diz que a Fifa autorizou o plantio em outro local, desde que com mesmo tipo de solo, e a aplicação da grama em rolos. A empresa diz ter usado rolos no DF em razão do atraso nas obras da arena.

Marca do pênalti
Se o São Paulo for eliminado da Libertadores nesta noite, o atacante Luis Fabiano poderá ser negociado no meio do ano. Contusões, atuações discretas em jogos decisivos foram frustrantes e a suspensão das partidas decisivas por indisciplina e uma declaração citando o Corinthians minaram seu prestígio.

DE LETRA
“É errado condicionar a soltura de inocentes a um pagamento ou a qualquer coisa. Isso se assemelha a um sequestro”
Fernando Capez, deputado estadual e ex-promotor de Justiça, sobre a exigência de pagamento de indenização à família de Kevin Espada pelas autoridades bolivianas.



  • Mengotengo

    Materia na Forbes hoje: Corinthians, o time não-europeu mais valioso do mundo. E olha que nem estão considerando o estádio de 1 bilhão.
    http://www.forbes.com/sites/ricardogeromel/2013/04/17/corinthians-the-most-valuable-soccer-team-outside-of-europe/

  • Mengotengo

    Pesquisa divulgada hoje em relação aos estados do sul e sudeste:

    Sudeste:

    POSIÇÃO TIME PREFERÊNCIA
    1º Corinthians 20,3%
    2º Flamengo 15,6%
    3º São Paulo 11,1%
    4º Cruzeiro 8,5%
    5º Palmeiras 6,2%
    6º Atlético-MG 5,6%
    7º Santos 5,3%
    8º Vasco 4,5%
    9º Fluminense 2,4%
    10º Botafogo 2,2%
    – Outros clubes 2,3%
    – Sem clube 16,0%

    Sul

    POSIÇÃO TIME PREFERÊNCIA
    1º Grêmio 18,9%
    2º Internacional 16,4%
    3º Corinthians 10,3%
    4º Flamengo 4,9%
    5º São Paulo 4,6%
    6º Palmeiras 4,5%
    6º Atlético-PR 4,5%
    8º Santos 2,9%
    9º Avaí 2,4%
    9º Coritiba 2,4%
    10º Figueirense 2,2%
    11º Vasco 1,5%
    12º Criciúma 1,4%
    13º Fluminense 1,0%
    – Outros clubes 3,9%
    – Nenhum clube 18,4%

    • Mengotengo

      antes que algum flamenguista indignado fale besteira, o flamengo ganha no Nordeste, Norte e Centro-oeste.

MaisRecentes

CBV visita cidade que pode receber seleções de vôlei nos Jogos de 2020



Continue Lendo

Botafogo deixa a Libertadores com R$ 13,4 milhões pela participação



Continue Lendo

Empresa explica saída do Brasil do Tour da Taça da Copa do Mundo



Continue Lendo