Corinthians ameaça tirar arena da Copa



Se a verba do BNDES e das CIDs não for liberada nos próximos 15 dias, as obras da Arena Corinthians devem ser paralisadas e em seguida voltar ao projeto original, que não atende à Copa do Mundo. A Odebrecht avisou ao clube que não porá mais dinheiro na obra. Já foram gastos R$ 500 milhões, metade do seu caixa e metade de empréstimos-ponte. Clube e construtora já estudam como adaptar o que está construído ao estádio concebido em 2009. O Corinthians diz que não pode arcar com custos extras só para a cidade participar do evento da Fifa. O projeto original era de cerca de R$ 400 milhões.

Piscina verde
O presidente do Palmeiras, Paulo Nobre, avisou à comissão técnica que fará reformas na Academia. Em especial, será construída uma piscina para trabalhos de fisioterapia, semelhante à que existe no CT vizinho, do São Paulo. Outras salas, inclusive do departamento médico também serão recuperadas e vão melhorar as condições.

No passarán
Conselheiros de situação do Corinthians estão se organizando para tentar barrar a reforma estatutária proposta por outra parte da situação. O alarme não é em relação ao chapão, que tem reprovação geral, mas pela criação de diretores remunerados e, principalmente, porque não querem que as propostas votadas em bloco.

No telhado
Apesar de terem barrado a perícia pedida pelo Ministério Público, Palmeiras e a construtora WTorre não se livraram do risco de ver as obras da Arena paralisadas. Num processo movido por um escritório de arquitetura, o juiz determinou outra perícia. Permitiu a continuidade da obra, mas deixou a interrupção em aberto.

Menos poder
O projeto de estatuto do Vasco que será votado neste ano pelo Conselho Deliberativo aumentará os poderes do Conselho Fiscal. Todas as decisões da diretoria que envolvam valores acima de R$ 1 milhão terão de ter parecer prévio do Conselho Fiscal. Esse teria sido o caso do recente acordo com

Catraca
O Cruzeiro se reunirá na semana que vem com os diretores da Minas Arenas para mostrar, mais uma vez, pedir a saída da Outplan, responsável pela venda e ingressos e controle de acesso. A diretoria do clube mineiro cogita o trabalho por conta própria, após sócios terem ficado sem ingresso em alguns jogos.

Lobby da Mancha
Conselheiros do Palmeiras se preparam para pedir, na próxima reunião do Conselho Deliberativo, que o presidente Paulo Nobre baixe o tom nos ataques às torcidas organizadas. Argumentam que o clube já conhece os responsáveis, e deve individualizar as críticas e punições para recuperar o apoio da torcida na disputa da Série B.

Tique-taque
O Fluminense entregou os documentos e o projeto do CT à Prefeitura do Rio e espera que a construção comece nos próximos meses. O processo agora está pela burocracia municipal. O prefeito Eduardo Paes disse que os quatro CTs vão sair. Mas é chance é reduzida de hospedarem seleções na Copa.

DE LETRA

“A aprovação das contas desta gestão é um tijolo no sapato da administração, com todos esses problemas”, Celso Leite, conselheiro do Santos, sobre a aprovação das contas do clube de 2012.



MaisRecentes

Valorizado após a Copa do Mundo, Fágner tem proposta do Napoli-ITA



Continue Lendo

Fora de painel com ídolos em São Januário, Pedrinho deve entrar na próxima expansão



Continue Lendo

Neymar é o alvo do Real Madrid para o lugar de Cristiano Ronaldo, revela jornalista espanhol



Continue Lendo