Coração leva presidente do Santos à UTI



Médicos do Hospital Albert Einstein, um dos principais de São Paulo, descobriram um problema no coração do presidente do Santos, Luis Alvaro Ribeiro, e decidiram colocá-lo em regime de terapia intensiva, na UTI.

O problema foi descoberto durante exames previamente agendados para tentar descobrir porque Ribeiro não estava conseguindo uma recuperação cardiovascular no ritmo que previa a terapia que os médicos do hospital haviam prescrito para ele.

No final de 2012, em razão de crises de pressão alta e alteração no batimento, Ribeiro havia se licenciado da presidência do clube para tratamento. Quando voltou ao clube, no íncio deste ano, Ribeiro manteve a fisioterapia, mas nas últimas semanas voltou a sentir mal-estar.

Em razão disso, marcou os exames no hospital, que revelaram um problema inesperado.

Um importante dirigente do Santos confirmou que o presidente está na UTI, mas negou-se a revelar qualquer informação sobre o diagnóstico. Um médico do hospital disse que foi descoberto um entipimento numa das artérias do coração.

Não há previsão de alta.

Esses não foram os primeiros problemas cardíacos de Ribeiro. Cerca de 10 anos atrás, ele sofreu um infarto, e chegou a ficar três minutos sem batimentos. Desde então, vem tentando controlar o estilo de vida e a alimentação. Antes de se candidatar a presidente, em 2009, passou por uma bateria de exames.

 



MaisRecentes

Zagueiro Felipe Santana, ex-Atlético-MG, pode ir para o futebol alemão



Continue Lendo

Investimento milionário na Granja Comary incomoda dirigentes de clubes da Série A



Continue Lendo

Cargos de vice-presidentes têm gerado desconforto entre grupos políticos no Vasco



Continue Lendo