Comissão do Fla pede auditoria nas contas de 2011



A comissão de finanças do Conselho Deliberativo do Flamengo recomendou a contratação de uma auditoria para examinar as contas de 2011. Diz que alguns números precisam ser detalhados. Aponta que há R$ 7 milhões sem prestação de contas e R$ 32 mi sem fiscalização. Na semana que vem o Conselho irá votar as contas. Uma proposta é que haja uma aprovação com ressalvas. O clube tem medo de deixar de conseguir o patrocínio da Caixa, mas mesmo com isso ainda precisara regularizar a siuação fiscal.

Cartão de visitas
A recém-criada Associação Nacional de Ex-Árbitros (Aneab), liderada pelo ex-Fifa Wagner Tardelli, enviou notificação à CBF. Quer saber da legalidade das decisões da comissão de arbitragem em barrar o assistente Dibert Pedrosa do quadro da Fifa e o árbitro Wagner Rosa, do quadro de aspirantes.

A lebre
A decisão de reabrir a sede social cerca de uma semana da enchente que a devastou foi tomada pela cúpula do São Paulo para mostrar agilidade. Os consertos foram feitos sem ajuda de conselheiros. Parte dos gastos será coberto pelo seguro e parte saíra do caixa do clube.

A tartaruga
O fundo de investimento que deverá bancar a reforma da Arena Tricolor pode demorar um pouco mais. A indefinição sobre o orçamento da cobertura retardou a formatação do fundo. Mas por ora, não se fala em adiar mais uma vez o prazo para o início das obras, hoje marcadao para abril.

Explicação
A Eletrobras explicou que rescindiu o contrato com o Vasco com cinco meses de antecedência porque o clube descumpriu obrigações contratuais. A assessoria de imprensa da estatal avisou que a obrigatoriedade da exposição da marca era só até março e que os outros quatro meses seriam para “as prestações finais de contas”. A diretoria negocia com a Nissan para o espaço master.

Bilingue
O novo Código Disciplinar da Conmebol estabelece português e espanhol como línguas oficiais para os processos. A medida visa evitar casos como o do São Paulo, que teve que traduzir por conta própria as 47 páginas do processo da partida contra o Tigre, julgado com base na lei antiga.

Adversários
O presidente do Conselho Deliberativo do Palmeiras, José Ângelo Vergamini, registrava até ontem `{a noite as candidaturas de Antônio Augusto Pompeu de Toledo (situação) e Eugênio Palazzi (oposição) à sua sucessão. O conselheiro Marcio Papa não deve se candidatar. O prazo acaba hoje.

Investimento
O América MG vai usar todo o dinheiro do Fundo Brahmeiro – provenienente da receita da vanda de cervejas em Minas na reforma do seu centro de treinamento. Os vestiários e a sala de imprensa são os pontos principais do investimento. As obras já estão andando, mas não há uma previsão de quando estará tudo pronto. Os valores não são revelados.

Padrinho
O técnico Abel Braga tem emprego garantido ao menos até o final da fase de grupos da Libertadores. Nem uma eliminação precoce na Taça Guanabara pode custar-lhe  emprego. Além de tudo, Braga é muito amigo de Celso Barros, presidente da Unimed. E só cai se ele concordar.

“Não sei se ele vai conseguir se defender. Não sei se ele vai fugir. O que sei é que ele vai apanhar”, Renato Recchi, conselheiro do Palmeiras, sobre o clima que o presidente Paulo Nobre deve enfrentar na reunião do Conselho, por ter vendido Barcos.



MaisRecentes

Pela primeira vez, desde que assumiu a CBF, Rogério Caboclo participará de um programa ao vivo



Continue Lendo

Santos e FPF se unem em campanha por apoio ao futebol feminino no Brasil



Continue Lendo

Jogos da Série B1 do Carioca terão transmissão pela tv a cabo



Continue Lendo