Palmeiras só terá orçamento no meio do ano



Por falha do ex-presidente Arnaldo Tirone, o Palmeiras está vivendo sem orçamento.E só terá um no mês de junho. Em reunião extraordinária nesta segunda-feira, o COF acordou com o presidente Paulo Nobre um prazo de quatro meses para apresentação do orçamento. Durante o período, uma comissão de três cofistas vai acompanhar o fluxo de caixa do clube. Tirone disse que não teve tempo para fazer um orçamento porque estava negociando patrocinadores.

Castelo de areia
Apesar de estar apalavrado com a gestora do Castelão, o Fortaleza ameaça não mandar suas partidas no estádio. Com os ingressos estipulados em 30 reais, o clube precisa manter uma média de público de 30 mil pagantes. Caso o clube desista do acordo, a gestora deve compensar a perda de receita com shows e eventos.

Novas dívidas
Três anos depois da posse de Luis Alvaro Ribeiro, o Santos continua a descobrir novas dívidas das gestões anteriores. Atualmente, o clube gasta R$ 2 milhões mensais para pagar os débitos do passado. Se não houver mais nenhuma grande “surpresa”, o Santos quitará essas dívidas no fim de 2016.

É mais embaixo
Diretores de clubes que obtiveram as Certidões Negativas de Débito para voltar a ter relações comerciais com entes públicos se surpreenderam com o prazo de três meses que o Flamengo fixou para se regularizar. Citam os exemplos de Santos e Corinthians, que levaram mais de dois anos nesse processo.

Acordo em risco
O conselheiro do Palmeiras Márcio Papa ligou para seus pares afirmando o desejo de concorrer à presidência do Conselho Deliberativo. Caso saia candidato, Papa, que já ocupou o cargo na gestão de Mustafá Contursi, pode colocar em risco a eleição de Antonio Augusto Pompeu de Toledo, quer era considerada quase certa no clube.

Blindado
A Under Armour, fornecedora de uniforme de Michael Phelps, Tottenham (ING) e boa parte do UFC, começa a operar no Brasil neste ano. Uma das metas da empresa, entre as cinco maiores do mundo no ramo, é patrocinar um clube da Série A. O presidente mundial é Charlie Maurath, ex-presidente da Adidas na América Latina.

Fora do páreo
O membro do comitê de gestão Pedro Nunes Conceição disse ao presidente do Santos, Luis Alvaro Ribeiro, que não será candidato a presidente do clube, em 2014. Ribeiro, que está no último mandato, surpreendeu-se uma vez que nem havia feito pergunta. E considera que esse assunto está esclarecido.

Esclarecimento
O presidente do Conselho Fiscal do Botafogo, André Silva, diz que, ao contrário de nota publicada ontem nesta coluna, recebeu todos os balancetes de 2012. Silva criticou o membro da oposição no CF, dizendo que ele faltou a várias reuniões e que no orçamento de 2013 votou de forma divergente no CF e no Conselho Deliberativo.

Persona non grata
O Conselho de Orientação e Fiscalização do Palmeiras (COF) orientou o presidente Paulo Nobre a não contratar o atacante Kléber, do Grêmio. Além dos altos valores envolvidos na negociação, parte dos cofistas se revoltou com a potencial contratação, já que o jogador saiu de forma conturbada do clube em sua última passagem.

“Ressuscitar defunto (sic) é complicado. O Papa foi presidente do conselho durante a ditadura. A ala mais nova não vai querer nem ouvir”, Wlademir Pescarmona, conselheiro do Palmeiras referindo-se ao seu colega de Conselho Deliberativo Marcio Papa e à época em que Mustafá Contursi presidiu o clube (1993-2005).



  • charles

    A diretoria do Flamengo vem dando um banho de gestao , ST, açoes de marketing, Adidas no final do Mês, salarios em dia, CND, enfim graças a Deus o profissionalismo chegou.

MaisRecentes

CBV visita cidade que pode receber seleções de vôlei nos Jogos de 2020



Continue Lendo

Botafogo deixa a Libertadores com R$ 13,4 milhões pela participação



Continue Lendo

Empresa explica saída do Brasil do Tour da Taça da Copa do Mundo



Continue Lendo