Brunoro, 20 dias, já sofre desgaste



A segunda passagem de José Carlos Brunoro pelo Palmeiras provoca mais críticas em 20 dias do que a primeira em cinco anos. Além da desastrada venda de Barcos, por meros R$ 7 milhões, e da indicação de profissionais fora de sua área, o diretor executivo de Futebol está sob fogo por exigir carta branca em todas as suas decisões. Até gente de primeira hora do presidente Paulo Nobre já está começando a torcer o nariz.

Movimento
O gerente de futebol do Corinthians, Edu Gaspar, concluiu ontem relatório do que viu na assembleia da Associação de Clubes Europeus, em Doha (QAT). Nos próximos dias, vai levá-lo ao presidente Mario Gobbi, que pensa em chamar clubes sul-americanas para criar uma associação do subcontinente.

Sócio Torcedor
O Conselho Deliberativo do Flamengo votará no dia 26, junto com o balanço de 2011, o novo formato do programa de sócio-torcedor. Até o nome, hoje Nação Rubro-Negra, pode sofrer nova mudança. O novo programa manterá os ST apenas como consumidores e tem como meta estar integrado até maio ao programa de descontos da Brahma.

Reforma fase 2
Franco favorito na eleição para presidente do Conselho Deliberativo do Palmeiras, o advogado Antonio Augusto Pompeu de Toledo, filho de um presidente do clube, se nega a comentar suas chances. Diz apenas que a reforma estatutária aprovada no mandato anterior foi incompleta e que o teme precisará de novas discussões.

A voz das bases
A decisão do Conselho de Orientação (Cori) do Corinthians pela manutenção do estatuto causa cada vez mais descontentamento entre conselheiros. Até membros do Cori podem mudar de voto quando o assunto for discutido pelo Deliberativo. A avaliação é que grande parte da proposta deve ser aprovada.

O fundo saiu
A Teisa Ltda, empresa de investimento criado por santistas para firmar parcerias com o Santos na contratação de jogadores, teve sua transformação em fundo aprovada pela Comissão de Valores Mobiliários. A participação está aberta ao público. Nenhum membro da direção do Santos participa do fundo.

Segunda tentativa
No meio da crise financeira, a diretoria do Vasco volta a acenar com a possibilidade de dinheiro novo. Semanas atrás, vazou-se que o clube estava negociando com a Nike, que negou. Agora, diz que está perto de fechar patrocínio de R$ 25 milhões. O acordo com a Eletrobras, obtido pelo governador Sérgio Cabral e que está no fim, é de R$ 14 milhões.

Punição
O Santos deverá perder o mando de pelo menos dois jogos pelo episódio em que a torcida atirou moedas em Ganso, no clássico contra o São Paulo. Um advogado especialista no assunto afirma que a reincidência torna quase impossível que não haja punição, mas que ela deve ser bem abaixo do máximo de dez jogos.

Versão Lucas
Empolgado com o ótimo início de Lucas, o Paris Saint-Germain lançará no próximo mês a versão em português do site oficial. O clube francês espera utilizar a imagem do jogador para atrair fãs brasileiros para o local, que, além de francês, tem versões em inglês, árabe e espanhol, esta lançada recentemente.

DE LETRA
“Essa diretoria está igual à Mangueira neste Carnaval. Veio com pompa, fantasias luxuosas, mas está demorando para tomar as decisões e pode estourar o tempo.”
Leonardo Ribeiro, presidente do Conselho Fiscal do Flamengo, sobre o início da gestão do presidente Eduardo Bandeira de Mello.



MaisRecentes

Valorizado após a Copa do Mundo, Fágner tem proposta do Napoli-ITA



Continue Lendo

Fora de painel com ídolos em São Januário, Pedrinho deve entrar na próxima expansão



Continue Lendo

Neymar é o alvo do Real Madrid para o lugar de Cristiano Ronaldo, revela jornalista espanhol



Continue Lendo