Brunoro, 20 dias, já sofre desgaste



A segunda passagem de José Carlos Brunoro pelo Palmeiras provoca mais críticas em 20 dias do que a primeira em cinco anos. Além da desastrada venda de Barcos, por meros R$ 7 milhões, e da indicação de profissionais fora de sua área, o diretor executivo de Futebol está sob fogo por exigir carta branca em todas as suas decisões. Até gente de primeira hora do presidente Paulo Nobre já está começando a torcer o nariz.

Movimento
O gerente de futebol do Corinthians, Edu Gaspar, concluiu ontem relatório do que viu na assembleia da Associação de Clubes Europeus, em Doha (QAT). Nos próximos dias, vai levá-lo ao presidente Mario Gobbi, que pensa em chamar clubes sul-americanas para criar uma associação do subcontinente.

Sócio Torcedor
O Conselho Deliberativo do Flamengo votará no dia 26, junto com o balanço de 2011, o novo formato do programa de sócio-torcedor. Até o nome, hoje Nação Rubro-Negra, pode sofrer nova mudança. O novo programa manterá os ST apenas como consumidores e tem como meta estar integrado até maio ao programa de descontos da Brahma.

Reforma fase 2
Franco favorito na eleição para presidente do Conselho Deliberativo do Palmeiras, o advogado Antonio Augusto Pompeu de Toledo, filho de um presidente do clube, se nega a comentar suas chances. Diz apenas que a reforma estatutária aprovada no mandato anterior foi incompleta e que o teme precisará de novas discussões.

A voz das bases
A decisão do Conselho de Orientação (Cori) do Corinthians pela manutenção do estatuto causa cada vez mais descontentamento entre conselheiros. Até membros do Cori podem mudar de voto quando o assunto for discutido pelo Deliberativo. A avaliação é que grande parte da proposta deve ser aprovada.

O fundo saiu
A Teisa Ltda, empresa de investimento criado por santistas para firmar parcerias com o Santos na contratação de jogadores, teve sua transformação em fundo aprovada pela Comissão de Valores Mobiliários. A participação está aberta ao público. Nenhum membro da direção do Santos participa do fundo.

Segunda tentativa
No meio da crise financeira, a diretoria do Vasco volta a acenar com a possibilidade de dinheiro novo. Semanas atrás, vazou-se que o clube estava negociando com a Nike, que negou. Agora, diz que está perto de fechar patrocínio de R$ 25 milhões. O acordo com a Eletrobras, obtido pelo governador Sérgio Cabral e que está no fim, é de R$ 14 milhões.

Punição
O Santos deverá perder o mando de pelo menos dois jogos pelo episódio em que a torcida atirou moedas em Ganso, no clássico contra o São Paulo. Um advogado especialista no assunto afirma que a reincidência torna quase impossível que não haja punição, mas que ela deve ser bem abaixo do máximo de dez jogos.

Versão Lucas
Empolgado com o ótimo início de Lucas, o Paris Saint-Germain lançará no próximo mês a versão em português do site oficial. O clube francês espera utilizar a imagem do jogador para atrair fãs brasileiros para o local, que, além de francês, tem versões em inglês, árabe e espanhol, esta lançada recentemente.

DE LETRA
“Essa diretoria está igual à Mangueira neste Carnaval. Veio com pompa, fantasias luxuosas, mas está demorando para tomar as decisões e pode estourar o tempo.”
Leonardo Ribeiro, presidente do Conselho Fiscal do Flamengo, sobre o início da gestão do presidente Eduardo Bandeira de Mello.



MaisRecentes

‘Rainbow Six Pro League’, no Rio de Janeiro, neste fim de semana, terá premiação milionária



Continue Lendo

Superintendente garante que não há obstáculos para construir no campo do Everest



Continue Lendo

Detalhe técnico pode impossibilitar obra no campo do clube Everest



Continue Lendo