Prefeito do Rio segura CTs dos clubes



Depois de anunciar a cessão de terrenos para a construção dos CTs de Botafogo, Vasco e Fluminense, há mais de quatro meses, a Prefeitura do Rio ameaça voltar atrás. Depois de os locais estarem quase definidos, a assessoria do prefeito Eduardo Paes agora diz que nem há prazo para dar ok aos projetos, e não se sabe se irão andar. Dois anos atrás, Paes disse que os CTs eram essenciais para o Rio abrigar seleções na Copa.

Freio de mão
O ex-diretor André Luiz de Oliveira, um dos líderes dos conselheiros da velha guarda do Corinthians, promete fazer campanha acirrada contra a mudança do estatuto. Muitos conselheiros, com medo de perder espaço político, tentam manter o chapão, que serve como um freio à renovação do Conselho.

Balanço
O Conselho Deliberativo do Flamengo vai votar no próximo dia 26 o balanço de 2011. O documento passou pelo Conselho Fiscal e está na comissão de finanças. A diretoria não vai fazer pressão pela reprovação, mas um grupo de novos conselheiros quer acabar com a tradição de tratar os balanços com critérios políticos.

Último suspiro
O presidente do Conselho Fiscal do Flamengo, Leonardo Ribeiro, enviará ao Conselho Deliberativo proposta de emenda estatutária para isentar os sócios proprietários de pagar a taxa de manutenção (hoje de R$ 77). Ribeiro alega que somente 10% dos cerca de 4 mil sócios-proprietários pagam o valor. Seu mandato termina em março.

Tamancos
Conselheiros da Portuguesa preparam ação por improbidade administrativa contro o presidente Manuel da Lupa. Durante anos, o cartola negou que tivesse pegado empréstimos para a Portuguesa -até porque teria de passar pelo Conselho. Agora que o Banif o está executando em R$ 40 milhões diz que a dívida é do clube.

Antidoping
Diretores da Agência Mundial Antidoping (Wada) se reúnem hoje com o presidente da Fifa, Joseph Blatter, para cobrar avanços no combate ao doping no futebol. A principal preocupação é com a falta de controle sobre o uso de EPO, substância usada pelo ciclista Lance Armstrong, que exige exames de sangue.

Duelistas
Doze anos depois do fim da parceria Palmeiras e Parmalat, Mustafá Contursi e José Carlos Brunoro podem voltar a cruzar espadas no Palmeiras. Na época da parceria eram muitas as divergências sobre a gestão do futebol. Agora, Contursi estará ainda mais de olho sobre os gastos do homem de confiança do presidente Paulo Nobre.

Sem rosto
Conselheiros do Santos afirmam que não conhecem Luiz Fernando Fleury, indicado para substituir Eduardo Vassimon no Comitê Gestor. Fleury é conselheiro eleito, executivo e pouco conhecido dos mais antigos no clube, e terá seu currículo apresentado na próxima reunião marcada para o próximo dia 21.

Governo paralelo
Dominando a mesa do COF, conselheiros ligados a Mustafá Contursi começam na primeira semana a apertar a administração do presidente Paulo Nobre. O primeiro alvo são os gastos com a contratação de executivos nas finanças e futebol (entenda-se Brunoro). E vão cobrar detalhes da saída de Barcos.

DE LETRA
“Ele é pai e tem procuração, precisa pensar. Não falo por mim, mas esse cara precisa ter cuidado se vier a São Paulo.”
Wlademir Pescarmona, sobre as declarações de Mauro Martins, pai do atacante Marcelo Moreno, chamando o Palmeiras de “fracassado”.



MaisRecentes

Governo admite que errou em MP que retira recursos do esporte



Continue Lendo

Sem resposta de Zé Ricardo, Milton Mendes entra no radar do Botafogo



Continue Lendo

Novo diretor de futebol do Fluminense, Paulo Angioni tem três nomes para lugar de Abel Braga



Continue Lendo