Palmeiras tenta manter Kia Motors



Com caixa vazio, o Palmeiras procura uma saída para manter a Kia como patrocinadora. Em reunião na sexta-feira, a multinacional deixou claro que quer gastar bem menos do que os R$ 18 milhões atuais. Para contornar a situação, a marca da empresa pode ser reduzida e mudada para a barra da camisa, ou o prazo do vínculo reduzido para cerca de quatro meses. Paulo Nobre confirmou ontem que estuda modificar o espaço ocupado no uniforme.

Arena anônima
A negociação dos naming rights voltou quase à estaca zero no Corinthians. Dirigentes vão receber representante de uma empresa estrangeira recém-chegada ao país. Há duas semanas, negociadores diziam que com uma empresa nacional, as negociações estavam mais adiantadas, perto da redação do contrato.

De novo
O Flamengo retomou a parceria com a Traffic para a captação de novos patrocínios, mas desta vez a atuação da empresa, que rompeu a parceria por Ronaldinho, não incluirá o futebol, apenas os demais esportes. O Departamento de Marketing continuará responsável por conseguir patrocinadores para o futebol.

Sucesso
A Federação Pernambucana, uma das cabeças da Copa do Nordeste, recebeu consultas de clubes de outras regiões, como Norte e Sudeste, interessados em copiar o modelo do torneio. O presidente FPF, Evandro Carvalho, diz que a média de público é de 19 mil e que passará a 50 mil quando começar o mata-mata.

Linha dura
A comissão de arbitragem da Ferj baixou portaria dizendo que cada árbitro é responsável pela manutenção do seu equipamento de comunicação. Diz que, caso o equipamento pare de funcionar, o árbitro será afastado até que ele seja consertado. E que o árbitro é responsável por verificar o estado dos seus subordinados.

Missão impossível
A diretoria do Vasco ainda não enviou os balancetes mensais de 2012 ao Conselho Fiscal. O atraso de mais de um ano ameaça e publicação do balanço de 2012 até abril, como exige a Lei Pelé. Sem vice de Finanças, o Vasco em dois meses precisará fechar os balancetes, auditá-los e fazê-los passar pelo CF e pelo Deliberativo.

Mudança
A Fifa marcará para maio a votação das mudanças do estatuto. A reunião será nas Ilhas Maurício, no Oceano Índico, e terá na pauta duas propostas, para os mandatos dos dois presidentes. Ambas propões dois mandatos. A Fifa propões dois de quatro anos, enquanto a Uefa fixa que o primeiro tenha oito anos.

Oposição
O grupo do ex-candidato Julio Bueno lançará um candidato de oposição para a eleição presidencial do Fluminense, em novembro. Bueno descarta participar do pleito, mas afirma que o candidato do grupo será escolhido até junho. As bandeiras do grupo são profissionalização e saneamento das finanças do clube.

Votação
Com 27 conselheiros eleitos, o grupo Palestra foi o mais votado nas eleições para o conselho deliberativo do Palmeiras. O grupo é considerado de centro, e não tem ligações predeterminadas com líderes. O grupo UVB, de Luiz Gonzaga Belluzzo ganhou mais três cadeiras; o de Mustafá Contursi perdeu uma.

DE LETRA

“Houve um mal entendido que não podemos aceitar. A empresa pode não ficar muito à vontade, mas não há nada que impeça de fechar uma parceria”, Hélio Donin, presidente do Conselho Fiscal do Vasco, sobre o termo de aditamento no contrato a Penalty.”



MaisRecentes

Novo diretor de futebol do Fluminense, Paulo Angioni tem três nomes para lugar de Abel Braga



Continue Lendo

Fernanda Colombo deixa a arbitragem, lança livro e quer ser comentarista



Continue Lendo

Audiência pública promete pressionar políticos contra MP que retira recursos do esporte



Continue Lendo