Contra Federação e organizadas, Flamengo mantém preço de ingresso



O Flamengo mostrou que é um novo clube também na política de preço dos ingressos. Em reunião nesta terça-feira, o Rubro-Negro enfrentou a Ferj e decidiu não reduzir o valor das entradas nos jogos contra os pequenos no Carioca. A medida desagradou também a algumas torcidas organizadas.

O mesmo pedido foi feito ao Botafogo. O clube de General Severiano ainda não se pronunciou à Ferj, mas a coluna apurou que ele vai manter os preços atuais. A postura da dupla é uma resposta às taxas cobradas pela entidade a cada jogo. As duas diretorias entendem que para compatibilizar os gastos é necessário manter os preços.

A recomendação da Ferj foi feita na segunda-feira, durante reunião que contou com representantes de Fluminense e Vasco. A entidade queria que fosse praticado um preço único de R$ 20 na arquibancada para a entrada inteira, valor mínimo estipulado pela Ferj no regulamento da competição. A diretoria do Flamengo manteve a posição de cobrar esse valor apenas nos setores atrás dos gols. Nos lugares nas laterais do campo, os mais centrais, o preço continuará a ser de R$ 40.

Essa posição visa deslocar as torcidas organizadas para os locais menos nobres do estádio, seguindo uma prática do mundo todo  – os lugares centrais são sempre os mais caros. A Torcida Jovem, que tradicionalmente fica nos cantos do estádio, não sentiu a mudança, mas outras, inclusive a raça Rubro-Negra, a maior do Rio, que sempre ocupa o centro da arquibancada, se colocaram contra.

Na primeira rodada do Carioca, contra o Quissamã, há dez dias, as torcidas Nação 12, Raça Rubro-Negra e Fla-Manguaça fizeram uma manifestação pacífica contra o aumento de preço (de R$ 30 para R$ 40).

Diretores da Raça dizem que a razão do protesto é que não recebem ingressos e que compram pelo valor inteiro. Dirigentes de outras torcidas dizem que a Raça, como todas as outras, compra pelo valor de meia-entrada.

VASCO E FLU

Diante do pedido da Ferj, o Vasco respondeu que já colocava em prática os valores recomendados. Já o Tricolor ficou de estudar a proposta e unificar os valores.



MaisRecentes

Oposição se enfurece com Bandeira de Mello e pode pedir a sua exclusão do Flamengo



Continue Lendo

Luiz Felipe Scolari pode ter contrato estendido até 2022 e depois virar manager



Continue Lendo

CBF deve se reunir com clubes para falar de manifestações políticas



Continue Lendo