Ministério do Esporte investe cerca de R$ 400 mil para modernizar Pinheiros (SP)



Em parceria inédita, a Secretaria de Alto Rendimento do Ministério do Esporte e o Pinheiros (SP) firmaram um convênio para a modernização do Centro Integrado de Apoio ao Atleta do clube. A iniciativa vai beneficiar pelo menos 800 atletas, 300 de alto rendimento e 500 em projetos de formação.

Com o investimento, o CIAA vai receber 70 novos aparelhos de treinamento e mais de 18 equipamentos de alta tecnologia, próprios para o monitoramento de atletas competitivos. Como parte da reforma, iniciada em maio do ano passado, a sala de treinos foi ampliada e tem agora 240 metros quadrados.

Segundo o diretor de Esportes Aquáticos e Individuais do Pinheiros, Marcelo Santos, as melhores condições do CIAA vão permitir centralizar o monitoramento da performance dos atletas.

– Vamos poder armazenar os testes nos novos equipamentos. A ciência do esporte vai ser muito mais elaborada e isso está diretamente ligado ao rendimento da equipe.

Inaugurado há 30 anos, o Centro Integrado de Apoio ao Atleta conta com o trabalho de 30 profissionais e oferece acompanhamento aos atletas em diversas áreas da medicina do esporte, fisioterapia, fisiologia e também nutrição e psicologia.

O investimento da Secretaria de Alto Rendimento, da ordem de R$ 388.620,69, é inédito para o Pinheiros, que nunca tinha recebido recursos diretos do governo. Para o diretor do Pinheiros Marcelo Santos esse é um marco da relação do Ministério do Esporte com o clube.

– É uma demostração de reconhecimento do que o Pinheiros vem fazendo para o esporte olímpico. É o desporto nacional quem mais ganha com essa parceria.

Em dezembro do ano passado, o ministro do Esporte, Aldo Rebelo, esteve no Pinheiros para agradecer aos serviços prestados ao esporte brasileiro. Nos últimos anos, cerca de 10% da delegação olímpica do país são atletas do clube.

As obras já estão em fase final, mas o CIAA ainda não tem data de inauguração. Ainda como parte do convênio, o clube vai passar por uma segunda reforma, desta vez no parque aquático. O plano é mudar as placas de revestimento da piscina coberta até o início de 2014.



  • Flavio

    DINHEIRO PÚBLICO PARA BANCAR CLUBE DE BACANAS ONDE FILHOS DE POBRES NUNCA TERÃO VEZ. DEPOIS ESTES MESMOS BACANAS RECLAMAM DAS OBRAS DE ITAQUERA. VAI ENTENDER!

  • berg

    quero saber se o flamengo como um clube que da espaço para as modalidades olimpicas tera o mesmo direito que esse clube teve?

    • gabriel

      Caro Berg, para um clube pleitear dinheiro público, é necessária uma administração profisisonal, com eficiência e transparência. É inegável que o Flamengo faz um grande trabalho em esportes olímpicos, além do futebol, porém nos últimos anos não vem demonstrando ser um clube merecedor deste apoio do governo. Sugiro que, enquanto essa administração não colha os prósperos frutos que vem plantando, você fique assistindo de camarote o Pinheiros se desenvolver mais ainda e o meu Corinthians ganhando tudo. Para que vocês sobrevivam com dignidade, pode contar com Liedson, Ramon, Wallace, Renato Abreu e outros “ídolos” do Parque São Jorge.

  • Pirata

    Isso e Brasil, Escola pública de boa qualidade ,Hospital bom, Segurança, transporte pública, tudo isso não tem , agora dinheiro para Clube de Rico AHHH isso Tem , dinheiro para fazer um monte de estádios a custa do povo isso tem.Por isso que eu digo , trabalhamos que nem escravos, para pagar o luxo dos políticos e suas falcatruas para desviar grana.Exemplo, estádio particular custa 350.000,00 milhões de Reais o Publico 1 bilhão.

  • Valuable information. Fortunate me I found your web site by chance, and I am stunned why this twist of fate didn’t came about in advance! I bookmarked it.

MaisRecentes

Ana Paula Oliveira vê árbitro de vídeo como ajuda e confia em bom treinamento



Continue Lendo

Nuzman está inclinado a se explicar na Câmara sobre escândalo



Continue Lendo

CBV visita cidade que pode receber seleções de vôlei nos Jogos de 2020



Continue Lendo