Banif executa “Lusa” em R$ 43 milhões



O Banif entrou na Justiça para executar uma dívida de R$ 42,8 milhões junto ao presidente da Portuguesa, Manoel da “Lupa” Conceição Ferreira. Além de Da Lupa, estão sendo executados sua mulher, Maria de Fátima Ferreira, e o ex-vice de Futebol Antonio Luiz Fernandes Azevedo, conhecido como Luiz Iaúca. As ações, quatro, foram distribuídas no início desta semana.

A execução supostamente confirma o que De Lupa vem negando há anos perante os conselhos do clube: que tomou empréstimos em nome próprio e de Iaúca para administrar a Portuguesa – até então, ele dizia que os empréstimos eram em nome do clube e em valores bem menores. Se confirmada essa hipótese, ele poderá ser forçado a renunciar, pois contraiu dívidas superiores a 20% do orçamento do clube sem autorização do Conselho Delibertativo, como manda o estatuto. Pior, se ele for à Justiça e depuser que a dívida pertence à Portuguesa, corre o risco de ser expulso, pois nenhum sócio pode depor contra os interesses do clube. O mesmo vale para Iaúca.

E, se não fizerem isso, terão que pagar a dívida.

A dívida é documentada por quatro títulos, dois de R$ 4.256.926,14, um de 17.156.203,00 e um de 17.143.004,70. Cada título gerou um processo separado e os quatro foram distribuídos para diferentes Varas Cíveis da cidade de São Paulo. Em dois, um de valor maior e outro de menor, já há despachos dos juízes. Ambos fixam os honorários dos advogados em 10%, caindo à metade se o valor for pago em três dias. O do processo de maior valor determina que os executados têm de depositar 30% do valor da dívida para se defender.

O Banif, Banco Internacional de Funchal, é um parcerio comercial tradicional do futebol. Ele vem emprestando dinheiro para clubes de futebol há cerca de dez anos. Um dos seus maiores parceiros é a Portuguesa. O banco chegou até a patrocinar o clube.

Há mais de dez anos, a Portuguesa, em razão das múltiplas penhoras que vinha sofrendo, estava com parte de suas receitas bloqueadas. Por isso, Ferreira pode ter pegado empréstimo em nome próprio para gerir o clube.

O cartola dirige o clube desde 2004 e está no terceiro mandato, que termina no final do ano.

O blog não conseguiu falar com Da Lupa. Procurado, Iaúca, claramente nervoso, disse que só quem poderia falar sobre o assunto era o presidente.



MaisRecentes

Valorizado após a Copa do Mundo, Fágner tem proposta do Napoli-ITA



Continue Lendo

Fora de painel com ídolos em São Januário, Pedrinho deve entrar na próxima expansão



Continue Lendo

Neymar é o alvo do Real Madrid para o lugar de Cristiano Ronaldo, revela jornalista espanhol



Continue Lendo